Valores de alimentos caem em Porto Alegre e baixam a inflação

Índice de Preços ao Consumidor Semanal foi 0,22 ponto percentual inferior ao divulgado na segunda semana de agosto. –

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A população de Porto Alegre pôde comprar mais alimentos na semana passada, se comparado com o período anterior, conforme a Fundação Getulio Vargas.

A inflação caiu na Capital, registrando variação de -0,27% do Índice de Preços ao Consumidor Semanal – IPC-S. O resultado foi 0,22 ponto percentual inferior ao divulgado na segunda semana de agosto, -0,05%.

A maior queda dos valores foi observada nas hortaliças e nos legumes (-6,45%). Desses itens, a batata inglesa teve a redução mais significativa, -18,51%, em seguida aparecem o tomate (-16,2%) e a cebola (12,56%).

“A população de baixa renda foi a mais beneficiada com a redução dessa semana, pois compromete cerca de 40% dos rendimentos em alimentos, que baixaram de forma geral”, explicou o coordenador da Divisão de Gestão de Dados do Instituto Brasileiro de Economia – Ibre em Porto Alegre, Marcio Fernando Mendes da Silva. No entanto, a cidade teve o quarto pior desempenho em relação às outras sete capitais brasileiras. Recife, por exemplo, teve a maior variação (-0,68%).

As pressões acima da média foram exercidas pelos grupos: Transportes; 0,72%, Despesas Diversas; 0,60%, Educação, Leitura e Recreação; 0,09%, Habitação; 0,01% e Saúde e Cuidados Pessoais; -0,20%.

Informações de Correio do Povo

FOTO: ilustrativa / stock.xchng

Compartilhar

Inter: Bicampeões da Libertadores posam para foto oficial

Avançar »

Hospitais em Porto Alegre seguem superlotados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*