• Visualizações 558

Polícia Civil combate o comércio de produtos falsificados no Litoral Norte

Operação Corsário foi realizada nas praias de Capão da Canoa, Tramandaí e Torres.

Agentes da Delegacia de Proteção ao Consumidor, Saúde Pública e da Propriedade Intelectual, Industrial, Imaterial e Afins (DECON) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) – com o apoio do Ministério Público Estadual (MPE), Polícia Federal (PF), Brigada Militar (BM) e Secretaria Municipal da Indústria e Comércio (SMIC) de Tramandaí – realizou, na tarde dessa terça-feira, 9, a Operação Corsário, aumentando o combate à comercialização de produtos falsificados no litoral norte gaúcho.

Realizada nas praias de Capão da Canoa, Tramandaí e Torres a operação, que utilizou um contingente de cerca de 300 servidores, apreendeu dezenas de milhares de unidades de confecções de vestuário, tênis e óculos, ouvindo 71 pessoas através de Termo Circunstanciado (TC) e encaminhando 31 indivíduos de naturalidade chinesa aos agentes da Delegacia de Imigração da PF.

Segundo a titular da DECON, delegada Patrícia Pacheco, através dos 58 mandados de busca e apreensão cumpridos, procurou-se reprimir a prática de crimes contra a ordem econômica, tributária, as relações de consumo e a propriedade industrial além de aprofundar investigação de possíveis laços existentes entre grupos gaúchos e a máfia chinesa, principalmente da facção existente no Estado de São Paulo

Compartilhar

Ônibus e microônibus são os que mais se envolvem em acidentes com mortes

Avançar »

Gauchão 2010: Meteorologia vai ser o apito dos árbitros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*