Fepam atende mortandade de peixes em Santa Maria

Os peixes boiavam sobre a água, que apresentava uma espécie de camada esbranquiçada.

 

Técnicos da Regional de Santa Maria da Fepam constataram que os peixes morreram devido à contaminação do açude por chorume. A Fepam está tomando providências para conter a contaminação, mas não há previsão para o término da limpeza completa do local. A análise da água e dos peixes mortos já foi providenciada.

No último domingo, 13, espécies de lambaris, tilápias, birus e carás foram encontrados mortos em um açude em um sítio no bairro Caturrita. Os peixes boiavam sobre a água, que apresentava uma espécie de camada esbranquiçada. Técnicos da Fepam Regional atenderam a emergência, orientados pelos técnicos do Serviço de Emergência Ambiental (Seamb).

O açude é formado pela água represada de uma vertente e desemboca no Arroio Ferreira. Em longo prazo a contaminação da água pode ser danosa à saúde humana e de animais de grande porte. O gado do sítio já foi retirado da região para não consumir o líquido.

Compartilhar

Enfim, aberta a temporada de “fuga” à praia: 47 mil veículos devem passar pela freeway no fim de semana

Avançar »

Convênios criam 174 vagas para usuários de crack

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*