Tempo segue instável no Rio Grande do Sul até o fim da semana

Calor segue em todo o Estado e abafamento causa pancadas de chuva no final do dia. Frente fria pode causar temporais na sexta-feira.

O verão ainda nem começou e o Rio Grande do Sul já vive dias típicos da estação mais quente do ano. Calor durante o dia, chuva no início da noite.

Para quem pensou que o pior tinha passado no feriadão de Finados, as notícias sobre a provisão do tem não são nada animadoras. Até a próxima sexta-feira, dia 06, as temperaturas serão altas e a sensação de abafamento sufocante. É justamente a umidade do ar que causa formação de nuvens pesadas e chuvas ao final do dia.

Leia Mais

Terça-feira abafada com muita nebulosidade

Áreas de instabilidade associadas à frente fria que chegou ao Estado na terça-feira mantêm o tempo instável nesta quarta. Novamente o risco de chuvas fortes e ventos de rajadas atingem, sobretudo, a fronteira com o Uruguai e região sul. Nas demais regiões, a situação é bem parecida com a de terça-feira. O sol aparece entre nuvens pela manhã e até o fim do dia ocorrem pancadas de chuva de forma irregular. Em função do calor, mais uma vez, as chuvas localmente podem vir fortes sobre o centro-norte.

Porto Alegre e Litoral Norte são exceções. São esperadas chuvas mais fracas até o fim da manhã e condição de tempo estável com temperatura baixa a partir da tarde. Em Santa Vitória do Palmar, por exemplo, a máxima não passa dos 16°C e em Pelotas dos 23°C. Em Porto Alegre, há previsão de chuva fraca. Deve fazer sol e calor à tarde, com máxima de 29°C.

Na quinta-feira a previsão é de chuva alternada com períodos de sol. O tempo fica abafado. Sobre as cidades do centro, noroeste e norte gaúchos e a chuva pode vir acompanhada de trovoadas. As máximas não passam de 22ºC e 23ºC. Em Porto Alegre, em função do calor, pode chover forte no fim do dia. Na Capital, a máxima chega aos 33°C.

A frente fria rompe o bloqueio na sexta-feira e avança sobre o Rio Grande do Sul. Agora, alimentada unicamente pela umidade proveniente da Amazônia, as nuvens ficam bastante carregadas e temporais são esperados sobre o Estado. Os volumes de chuva devem superar entre 40 e 50 mm em 24 horas sobre as Missões, Centro e partes do nordeste e oeste. Em Manoel Viana, o volume previsto de 40 mm corresponde a 41% de toda a média mensal deste mês. Em Porto Alegre há previsão de chuvas fortes e tempo abafado. A máxima chega aos 29°C.

Informações de ZEROHORA.COM

Compartilhar

Operação da Brigada no feriadão prende 472 pessoas e apreende 149 CNH’s

Avançar »

PF prende 19 no Estado por operações ilegais de câmbio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*