• Visualizações 652

Cinegrafista atingido por rojão no Rio de Janeiro tem morte cerebral

Anuncio da morte de Santiago Ilídio foi feito nesta segunda-feira.  Com 20 anos de profissão, ele era casado e pai de quatro filhos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Foi confirmada nesta segunda-feira, dia 10, a morte cerebral do cinegrafista da Tv Bandeirantes, Santiago Ilídio, de 49 anos. Ilídio foi atingido por um rojão durante uma manifestação no Rio de Janeiro na última semana e está internado no Centro de Tratamento Intensivo – CTI do Hospital Municipal Souza Aguiar.

Santiago, que teve afundamento do crânio, foi submetido a uma cirurgia para diminuir a pressão craniana, assim que chegou ao hospital. No sábado, dia 08, uma tomografia comprovou que a hemorragia havia sido controlada, mas o estado de saúde do cinegrafista piorou.

Ele foi atingido pelo artefato enquanto filmava o momento em que cariocas protestavam contra o aumento das passagens de ônibus no município do Rio. Santiago Ilídio tinha mais de 20 anos de profissão e  trabalhava há 10 anos na Rede Bandeirantes. O cinegrafista era casado e pai de quatro filhos.

Informações de Agência Brasil

FOTO: reprodução / Política na Rede

Compartilhar

Justiça decreta prisão temporária de suspeito de acionar rojão

Avançar »

Caixa prorroga prazo para inscrições de concurso público para domingo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*