• Visualizações 637

Cubana entrará com uma ação na Justiça contra o Programa Mais Médicos

Médica cubana, Ramona Rodriguez pedirá danos morais o ressarcimento de 90% da remuneração do Programa Mais Médicos em quatro meses de trabalho. Ramona deixou a Câmara ontem e está hospedada no apartamento do deputado Abelardo Lupion (DEM-PR).

Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter)

Ramona Matos Rodriguez, a médica cubana que abandonou o Programa Mais Médicos nesta terça-feira, dia 04 alegando ter se sentido enganada pelo programa, entrará com uma ação trabalhista na Justiça do Pará. O líder do (DEM) na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE), foi quem fez o anúncio nesta quinta-feira, 06.

A médica Cubana pedirá danos morais o ressarcimento de 90% da remuneração do Programa Mais Médicos em quatro meses de trabalho, além de valores referentes a direitos, como férias, FGTS e 13º salário.

Ramona assinou contrato para atuar no Brasil no dia 27 de setembro do ano passado, afirma ter sido informada em Cuba que receberia US$ 400 por mês no País (aproximadamente R$ 966) e que outros US$ 600 (R$ 1.450) seriam depositados em uma conta em seu país, valor que poderia sacar no fim do programa, além de R$ 750 em auxílio alimentação. Além disso, ela ressalta que se sente enganada pelo governo cubano ao ficar sabendo que o salário de outros profissionais de saúde do Mais Médicos era de R$ 10 mil.

Foi oficializada pela Associação Médica Brasileira – AMB uma oferta de trabalho a médica para atuar na área administrativa da sede da entidade em Brasília–DF. De acordo com o DEM, ela deve iniciar na próxima segunda-feira, 10, após ter a posse do número de protocolo do pedido de refúgio no Brasil e preencher todos os formulários na Polícia Federal que irão permitir que ela faça a emissão de carteira de identidade provisória. A cubana deixou a Câmara ontem e está hospedada no apartamento do deputado Abelardo Lupion (DEM-PR).

Informações de Terra
FOTO: reprodução / Wilson Dias / Agência Brasil

Compartilhar

“Dilma Bolada” pode se distanciar da política em 2014

Avançar »

Justiça decreta prisão temporária de suspeito de acionar rojão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*