• Visualizações 490

Geraldo Alckimin promulga lei que pode proibir uso de animais em testes para a indústria cosmética

Governador de São Paulo sancionou esta lei estadual nesta quinta. A proposta prevê uma multa em torno de R$ 1 milhão por animal utilizado em testes e terá a fiscalização da Secretária Estadual da Saúde.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter) 

Testes em animais na indústria de cosméticos, higiene pessoal e perfumes serão proibidos segundo o projeto de lei estadual que o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB)sancionou nesta quinta-feira, dia 23.

A proposta ainda passará por uma regulamentação, porém empresas que desobedecerem poderão ser multadas, o valor estimado gira em torno de R$ 1 milhão por animal utilizado em testes.

O estado é o primeiro a aderir uma legislação, com o cunho de vetar o uso de animais para confecções de produtos estéticos. Quanto à fiscalização, ela será efetuada pela Secretária Estadual da Saúde e deve começar ainda neste primeiro semestre do ano.

Além disso, segundo o governador, esse tipo de proibição já vigora em países da União Europeia, Índia e em Israel. Porém os testes com animais só poderão ser feitos com se tiverem algum envolvimento com questões de saúde.

Informações de estadão

FOTO: reprodução / veja

Compartilhar

Após ser atingido por raios, Cristo Redentor passa por reformas

Avançar »

Mais de 80% dos paulistanos são contra os “rolezinhos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*