• Visualizações 594

Geraldo Alckmin vai criar cota no serviço público paulista

Iniciativa surge menos de um mês após presidente Dilma Rousseff encaminhar projeto que destina um quinto das vagas em concursos federais para população negra.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O governo do Estado de São Paulo vai criar uma cota racial no serviço público estadual. O projeto do governador Geraldo Alckmin (PSDB) reserva 35% das vagas na administração direta e indireta (empresas públicas) para negros e indígenas.

A iniciativa surge menos de um mês após a presidente Dilma Rousseff encaminhar ao Congresso Nacional projeto que destina um quinto das vagas em concursos públicos federais para a população negra.

O Estado apurou que Alckmin vai anunciar o envio à Assembleia Legislativa de um projeto de lei que autoriza o Estado a criar uma política de inclusão. Um decreto definirá as regras de reserva de vagas, que deve valer para os editais dos concursos, bem como para cargos comissionados e também nas empresas estatais.

A escolha de reservar 35% das vagas segue a proporção censitária no Estado de pessoas autodeclaradas pretas, pardas e indígenas. A classificação toma por base quesitos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. No projeto federal, a proporção é de 20%.

Depois que o governo federal aprovou as cotas para alunos da escola pública, negros e indígenas nas universidade federais no ano passado, Alckmin também pressionou as instituições estaduais de ensino superior (USP, Unicamp e Unesp) a criar política similar.

O governador chegou a anunciar, ao lado dos reitores, programa de reserva de vagas para alunos de escola pública, atendendo porcentuais de pretos, pardos e indígenas.

Informações de estadão

FOTO: reprodução / veja.abril

Compartilhar

Em comunicado, Petrobras informa que reajuste de preços de combustíveis não será automático

Avançar »

Juiz proíbe visitas às sextas-feiras na Penitenciária da Papuda, onde estão os condenados do Mensalão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*