• Visualizações 878

Ministério da Justiça afirma que Pizzolatto pode ser extraditado para o Brasil

Ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil foi condenado a 12 anos de prisão no processo do mensalão. É foragido da Polícia Federal, tem nome incluído na lista da Interpol e procurado em mais de 190 países.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Em nota divulgada nesta quarta-feira, dia 20, o Ministério da Justiça informou que o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolatto pode ser extraditado para o território brasileiro.

Pizzolatto foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão no processo do mensalão. Ele é considerado foragido pela Polícia Federal e teve o nome incluído na lista da Interpol de procurados em mais de 190 países.

Dos 12 mandados de prisão emitidos, na sexta-feira, pelo presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, Joaquim Barbosa, somente o de Pizzolatto não foi cumprido.

Segundo o ex-advogado dele, Marthius Sávio Cavalcante Lobato, o réu está na Itália, país que não extradita seus cidadãos.

De acordo a Secretaria Nacional de Justiça – SNJ, órgão do ministério, o ex-diretor do BB pode ser extraditado por ter dupla cidadania, brasileira e italiana. Para o ministério, o Artigo 13 do tratado de Extradição prevê a prisão preventiva nestes casos.

Em parecer enviado ao STF, a vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, pediu que o STF tome medidas para garantir o cumprimento da pena fixada nos crimes de peculato, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

A vice-procuradora também pede a homologação da condenação do STF para que a pena seja cumprida na Itália ou a abertura de outro processo para que um novo julgamento seja feito fora do Brasil.

Informações de CP

FOTO: reprodução / estadão

Compartilhar

Por causa da violência, expectativa de vida do homem negro é 1,73 menor do que deveria

Avançar »

No Rio, praias da zona sul terão delegacia móvel para registro de arrastões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*