• Visualizações 482

Busca por crédito aumenta 6,5% em outubro

Alta poderia ter sido maior caso a greve dos bancários não tivesse durado até o dia 14, conforme avaliação especialistas da Serasa.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A parcela de pessoas que procura por crédito aumentou 6,5% em outubro, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado na quinta-feira, dia 14. O crescimento aponta para uma recuperação parcial.

Em setembro houve queda de 9,8% na demanda. Em outubro de 2012, também foi constatada retração de 5,2%. Segundo especialistas da Serasa a alta em outubro poderia ter sido maior caso a greve dos bancários não tivesse durado até o dia 14, o que pode ter acarretado dificuldades para que certas linhas de crédito fossem acessadas.

Os consumidores de baixa renda foram os que mais buscaram por crédito no mês passado. A demanda dos trabalhadores que recebem até R$ 500 aumentou 12,1%, e que ganha entre R$ 500 e R$ 1 mil, mensalmente, cresceu 9,8%. Já os consumidores de renda mais alta diminuíram a procura por empréstimos bancários. Houve retração de 3,1% na parcela que recebe entre R$ 5 mil e R$ 10 mil mensais. Segundo os especialistas, das pessoas que tem salários acima de R$ 10 mil a queda na procura por crédito foi 2,3%.

Crescimento de 4,7% na Região Sul

De acordo com a Serasa, nos dez primeiros meses de 2013, a demanda por crédito cresceu 3,6% quando comparada ao mesmo período do ano passado. Os consumidores das regiões Norte e Nordeste foram os que mais buscaram empréstimos bancários que está demonstrado nas altas constatadas pela Serasa: 13,9% e 10,4% de alta, respectivamente.

A Região Sul teve crescimento de 4,7% e a Sudeste, de apenas 0,8%. A única região onde houve queda no acumulado do ano foi a Centro-Oeste, com 2,1% a menos de procura.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / epochtimes.com.br

Compartilhar

Comemoração pelo título do Cruzeiro termina em confusão

Avançar »

Perícia em restos mortais de Jango pode levar até um ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*