• Visualizações 489

Comemoração pelo título do Cruzeiro termina em confusão

Quando torcedores se dirigiram para a vizinha Praça da Estação, houve grande confusão, encerrando cedo a festa que duraria até a madrugada.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Festa de um lado, confusão do outro. Assim foi a comemoração do título brasileiro do Cruzeiro nas ruas de Belo Horizonte, no início da madrugada desta quinta, dia 14, pouco depois de o time derrotar o Vitória por3 a1, no Barradão.

Enquanto o clima de paz marcou a celebração na região da Savassi, houve vandalismo e depredação na Praça da Estação.

Os cruzeirenses se concentraram nos bares para assistir à partida contra o Vitória. Ao fim do jogo, a multidão seguiu para a Praça da Savassi. As ruas da região foram fechadas e, de acordo com estimativa da Polícia Militar, 10 mil pessoas estavam no local.

No único incidente registrado, torcedores quebraram janelas de um ônibus que passou pela praça. O restante da celebração aconteceu em paz.

No centro da cidade, a comemoração também começou tranquila, na Praça Sete, tradicional palco de celebrações atleticanas e cruzeirenses na capital mineira. No entanto, quando os torcedores se dirigiram para a vizinha Praça da Estação, houve grande confusão, encerrando cedo a festa que duraria até a madrugada.

Os torcedores reclamaram da ação da polícia, que dispersou a multidão com bombas de gás lacrimogêneo. Houve corre-corre, e dezenas de pessoas deixaram o local chorando. Os mais exaltados quebraram vitrines nos arredores. Pouco depois da 1 hora da manhã, após a confusão, a praça já estava quase vazia.

Informações de globoesporte.com

FOTO: reprodução / Andre Brant / agência estado

Compartilhar

Trabalhador negro recebe salário 6,1% menor que de um não negro, conclui Dieese

Avançar »

Busca por crédito aumenta 6,5% em outubro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*