• Visualizações 1108

50 cidades realizam segundo turno das eleições

Segundo turno ocorre quando, nas cidades com mais de 200 mil eleitores, nenhum candidato alcança mais de 50% dos votos, assim, a disputa é decidida entre os dois mais votados em cada localidade.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Em todo o Brasil, 50 cidades voltarão às urnas no próximo dia 28 de outubro para a realização do segundo turno das Eleições 2012.

O segundo turno ocorre quando, nas cidades com mais de 200 mil eleitores, nenhum candidato alcança mais de 50% dos votos válidos e, dessa forma, a disputa é decidida entre os dois mais votados em cada localidade.

Dos 5.568 municípios brasileiros, apenas 83 tinham possibilidade de ter segundo turno, uma vez que o critério é o eleitorado maior que 200 mil. Das 26 capitais, 24 têm mais de 200 mil eleitores. As exceções são Palmas, no Tocantins, e Boa Vista, em Roraima. E desses 24 Estados, 20 terão cidades com decisão no segundo turno. Das 50 cidades que realizarão segundo turno, 17 são capitais de Estado.

Na cidade de São Paulo(SP), maior colégio eleitoral do país, o segundo turno será disputado entre José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT). Serra alcançou 1.884.849 de votos, representando 30,75% do total de votos válidos. Haddad conquistou 1.776317 votos, representando 28,98% da preferência do eleitorado.

No Paraná, as cinco cidades com possibilidade de ter segundo turno, ou seja, com mais de 200 mil eleitores, realizarão novas eleições para escolher o prefeito: Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá e Cascavel.

Em Santa Catarina ocorreu a mesma situação e as três cidades com possibilidade de ter segundo turno voltarão às urnas: Florianópolis, Blumenau e Joinville.

Veja a lista das cidades que terão segundo turno:

Rio de Janeiro:

– Belford Roxo
Dennis Dauttmam (PC do B)
Waguinho (PRTB)

– Duque de Caxias
Alexandre Cardoso (PSB)
Washington Reis (PMDB)

Niterói
Rodrigo Neves (PT)
Felipe (PDT)

– Nova Iguaçu
Nelson Bornier (PMDB)
Sheila Gama (PDT)

– São Gonçalo
Adolfo Konder (PDT)
Neílton Mulin (PR)

– Volta Redonda
Neto (PMDB)
Zoinho (PR)

Santa Catarina:

– Florianópolis
Cesar Souza Júnior (PSD) – 31.68%
Gean Loureuri (PMDB) – 27.37%

– Blumenau
Napoleão Bernardes (PSDB)
Jean (PSD)

– Joinville
Kennedy (PSD)
Udo Döhler (PMDB)

Mato Grosso:

– Cuiabá
Mauro (PSB) – 43.96%
Lúdio (PT) – 42.27%

Paraíba:

– João Pessoa
Luciano Cartazo (PT) – 38.32%
Cícero Lucena (PSDB) – 20.27%

– Campina Grande
Romero Rodrigues (PSDB)
Tatiana (PMDB)

São Paulo:

– São Paulo-SP
José Serra (PSDB) – 30.75% dos votos válidos
Fernando Haddad (PT) – 28.98%

– Campinas
Jonas Donizette (PSB)
Márcio Pochmann (PT)

– Diadema
Mario Reali (PT)
Lauro Michels (PV)

– Franca
Alexandre (PSDB)
Delegada Graciela (PP)

– Guarujá
Antonieta (PMDB)
Farid Madi (PDT)

– Guarulhos
Almeida (PT)
Carlos Roberto (PSDB)

– Jundiaí
Pedro Bigardi (PCdoB)
Luiz Fernando (PSDB)

– Mauá
Donisete Braga (PT)
Vanessa Damo (PMDB)

– Ribeirão Preto
Dárcy Vera (PSD)
Nogueira (PSDB)

– Sorocaba
Renato Amaury (PMDB)
Pannunzio (PSDB)

– Santo André
Carlos Grana (PT)
Aidan Ravin (PTB)

– Taubaté
Ortiz Junior (PSDB)
Isaac do Carmo (PT)

Espírito santo:

– Vitória
Luciano Rezende (PPS)
Luiz Paulo (PSDB)

– Cariacica
Juninho (PPS)
Marcelo Santos (PMDB)

– Vila Velha
Rodney Miranda (DEM)
Neucimar (PR)

Paraná:

– Curitiba
Ratinho Júnior (PSC)
Gustavo Fruet (PDT)

– Cascavel
Edgar Bueno (PDT)
Professor Lemos (PT)

– Londrina
Marcelo Belinati (PP)
Alexandre Kireeff (PSD)

– Maringá
Pupin (PP)
Ênio Verri (PT)

– Ponta Grossa
Marcelo Rangel (PPS)
Péricles (PT)

Minas Gerais:

– Contagem
Carlin Moura (PC do B)
Durval (PT)

– Juiz de Fora
Bruno Siqueira (PMDB)
Margarida Salomão (PT)

– Montes Claros
Paulo Guedes (PT)
Ruy Muniz (PRB)

– Uberaba
Paulo Piau (PMDB) e Lerin (PSB)

Rio Grande do Sul:

– Pelotas
Eduardo Leite (PSDB)
Marroni (PT)

– Petrópolis
Bernardo Rossi (PMDB)
Paulo Mustrangi (PT)

Bahia:

– Salvador
ACM Neto (DEM)
Pelegrino (PT)

– Vitória da Conquista
Guilherme (PT)
Herzem Gusmão (PMDB)

Ceará:

– Fortaleza
Elmano (PT)
Roberto Claudio (PSB)

Amazonas:

– Manaus
Artur Neto (PSDB)
Vanessa Grazziotin (PC do B)

Pará:

– Belém
Edmilson Rodrigues (PSOL)
Zenaldo Coutinho (PSDB)

Maranhão:

– São Luis
Edivaldo Holanda Júnior(PTC)
Castelo (PSDB)

Mato Grosso do Sul:

– Campo Grande
Alcides Bernal (PP)
Giroto (PMDB)

Piauí:

– Teresina
Firmino Filho (PSDB)
Elmano Férrer (PTB)

Rio Grande do Norte:

– Natal
Carlos Eduardo (PDT) – 40.42%
Hermano Moraes (PMDB) – 23.01%

Rondônia:

– Porto Velho
Lindomar Garçon (PV) – 24.80%
Dr. Mauro Nazif (PSB) – 19.00%

Amapá:

– Macapá
Roberto (PDT) – 40.18%
Clécio (PSOL) – 27.89%

Acre:

– Rio Branco
Marcus Alexandre (PT) – 48.30%
Tião Bocalom (PSDB) – 43.85%

Informações de TSE

FOTO:

Compartilhar

Presidente do TSE informa que eleição corre com tranquilidade em todo o país

Avançar »

Termina vigência de lei que proíbe prisão de eleitor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*