• Visualizações 480

Militares mortos na Antártida recebem homenagens no Rio de Janeiro

Suboficial e sargento foram promovidos a segundo-tenente e condecorados com a Ordem do Mérito da Defesa, a Medalha Naval de Serviços Distintos e a Honra ao Mérito.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o sargento Roberto Lopes dos Santos, mortos no incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz, foram homenageados nesta terça-feira, dia 28, na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro.

Leia Mais 

Para professor especialista da UFRGS, incêndio em estação na Antártida terá impacto político

Durante a cerimônia, os dois foram promovidos a segundo-tenente e condecorados com a Ordem do Mérito da Defesa, a Medalha Naval de Serviços Distintos e a Honra ao Mérito, grau de comendador. A homenagem foi feita em um hangar da base, logo depois da chegada dos corpos.

Cobertos pela bandeira do Brasil, os caixões receberam os retratos dos dois. O comandante da Marinha, almirante Julio Soares de Moura Neto, destacou o heroísmo dos militares que “ofereceram suas vidas no cumprimento do dever” e lamentou o incêndio ocorrido no último sábado, 25, “que reduziu a cinzas uma parcela significativa da pesquisa científica [antártica] brasileira”.

O vice-presidente da República, Michel Temer, salientou que a morte dos militares não foi em vão. “Eles devem servir de exemplo para a família, os filhos, os representantes da Marinha e a sociedade como um todo”, disse.

Informações de Agência Brasil

FOTO: Luis Bulcão / Veja

Compartilhar

Chega a 117 mil o número de pessoas afetadas pela enchente no Acre

Avançar »

Desemprego sobe para 9,5% no país, mas nível de ocupação cresce em Porto Alegre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*