• Visualizações 504

Economia gerada pelo horário de verão pode chegar a R$ 100 milhões

Estimativa é do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Mudança nos relógios foi adotada em 11 Estados e no Distrito Federal.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A economia proporcionada pela adoção do horário de verão no Brasil está estimada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS em R$ 75 milhões e R$ 100 milhões.

A diminuição da demanda estimada de eletricidade será de 4,6%, ou 2.650 megawatts. Segundo o ONS, a medida resulta em redução da tarifa de energia elétrica para o consumidor, uma vez que a demanda menor no horário de ponta leva ao aumento da segurança e à diminuição nos custos de operação.

A mudança foi adotada nos relógios em 11 Estados – São Paulo, Rio, Minas, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bahia, além do Distrito Federal.

A alteração começou em 15 de outubro do ano passado e durou 133 dias. Os anos anteriores tiveram média de 120 dias. O período foi o maior desde 2001, devido à coincidência entre o dia previsto para o término do horário de verão e o carnaval. Por isso, o fim da medida foi postergado em uma semana, para a meia-noite de sábado, 25, para domingo, 26.

Informações de Info

FOTO: ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Na comparação com janeiro de 2011, geração de empregos recua 21,82%

Avançar »

Chega a 117 mil o número de pessoas afetadas pela enchente no Acre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*