Com salários de até R$ 13,3 mil para Polícia Federal, ministro anuncia vagas para proteção de fronteiras

Presidente autorizou criação de 2.800 novos empregos na PF e na Polícia Rodoviária Federal para reduzir criminalidade nestes locais.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A contratação de 1.500 pessoas para a Polícia Rodoviária Federal – PRF e 1.300 para a Polícia Federal – PF foi autorizada pela presidente Dilma Rousseff (PT), segundo afirmou nesta quinta-feira, dia 08, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Não há detalhes sobre os editais dos concursos serão lançados. Conforme Cardozo, os servidores que ingressarem a partir de agora na PF e na PRF serão lotados nas fronteiras. A intenção é reduzir os índices de criminalidade e enfrentar o crime organizado.

O anúncio foi feito durante a assinatura de pacto com 11 estados para fortalecer a proteção das fronteiras brasileiras a partir do próximo ano. Participam do Plano Estratégico de Fronteiras Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O governo pretende investir R$ 37 milhões para reforçar o policiamento dessas regiões. “Pretendemos melhorar as condições daqueles que trabalham na fronteira. Isso não é uma promessa, é uma decisão”, explicou o ministro.

Para conseguirem verba do governo, os estados precisarão apresentar projetos, que serão avaliados pelo Ministério da Justiça segundo “critérios bastante objetivos”, afirma Cardozo. “Não será em momento algum a remessa de recursos feita de maneira aleatória. Tudo exigirá um plano com objetivos muito bem postos que serão acompanhados pelo Ministério da Justiça ao longo da execução.”

O pacto faz parte da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras – Enafron e envolve os ministérios da Justiça e da Defesa, sob coordenação do vice-presidente da República, Michel Temer.

PRF – A diretora-geral da PRF, Maria Alice Nascimento Souza, havia apresentado à Casa Civil da Presidência projeto para ter mais 4,5 mil policiais até 2014. A proposta é ter acréscimo de 1,5 mil nos próximos três anos. Em junho, a presidente Dilma Rousseff autorizou a nomeação de 200 policiais rodoviários federais como quantitativo extra do concurso de 2008 (número de vagas criadas além do adicional de 50% dos postos oferecidos na seleção).

Confira mais informações sobre as vagas da Polícia Federal:

Polícia Federal

– 328 vagas para agente administrativo (nível médio), salário de R$ 3,2 mil.

– 116 vagas para papiloscopista (nível superior em qualquer área), salário de R$ 7,5 mil.

– 396 para agente de polícia (nível superior em qualquer área), salário de R$ 7,5 mil.

– 362 para escrivão (nível superior em qualquer área), salário de R$ 7,5 mil.

– 150 para delegado (nível superior em Direito), salário de R$ 13,3 mil.

Os cargos de nível superior em qualquer área exigem ainda carteira de habilitação no mínimo na categoria B. O último concurso da Polícia Federal foi realizado em 2009, para agente e escrivão. O concurso recebeu 114.738 inscrições. O cargo de agente recebeu 63.294 inscrições para 200 vagas (316,47 por vaga); e o de escrivão, 51.444 para 400 vagas (128,61 por vaga).

Informações de portal G1

FOTO: ilustrativa / jangadeiroonline

Compartilhar

Governo Federal estima em R$ 4 bilhões o valor necessário para enfrentar o crack

Avançar »

Paraenses dizem não à divisão do Estado com 66,6% de rejeição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*