Chevron pode receber multas de R$ 260 milhões

Petrolífera americana deve receber R$ 50 milhões em multa aplicada pelo Ibama e ainda por conta de vazamento de óleo na bacia de Campos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A empresa americana de petroquímica Chevron pode pagar cerca de R$ 260 milhões em multas. Isso por conta da multa de R$ 50 milhões do Ibama – valor máximo permitido pela lesgilação – e pelo vazamento de óleo na Bacia de Campos (foto).

A empresa ainda pode receber outra multa no valor de R$ 10 milhões, caso o órgão ambiental brasileiro constate que a companhia não cumpriu o plano de emergência previsto em contrato adequadamente, conforme afirmou Curt Trennepohl, presidente do Ibama.

A Agência Nacional de Petróleo – ANP, ainda, estuda autuar a empresa com outras multas, que chegam a totalizar cerca de R$ 100 milhões. Além da ANP, o secretário estadual do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc, anunciou que deve multar a Chevron por danos causados à biodiversidade marinha.

Isso acontece por conta do vazamento de óleo na Bacia de Campos, que acabou provocando danos aos ecossistemas costeiros. A multa pode chegar em até R$ 100 milhões – o dobro da multa permitida a ser cobrada pelo Ibama.

Segundo Carlos Minc, o Ibama ainda não calculou a extensão que o vazamento teve, mas é estimado em cerca de 2,4 mil barris pela empresa. Essas infrações resultarão em três punições: a sanção administrativa, sanções penais e obrigação de reparar o dano.

A sanção administrativa inclui multas aplicadas pelo Ibama e por outros órgão regulados, já as sanções penais são de responsabilidade do Ministério Público  – MP, e Polícia Federal – PF. Já a obrigação de reparação do dano é feita através de um processo mais demorado em que o Ibama ou o MP devem mensurar o tamanho do dano.

Informações de Último Segundo do IG

FOTO: reprodução / European Pressphoto Agency

Compartilhar

Facção protege traficantes que fugiram da favela da Rocinha

Avançar »

PAC 2: 86% das obras na área de transportes estão em ritmo adequado

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*