30,8 mil armas são recolhidas no Brasil em seis meses

Campanha Nacional do Desarmamento conseguiu atingir milhares de brasileiros, totalizando um total de 30,8 mil armas no país em apenas meio ano.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Um balanço divulgado nesta quarta-feira, dia 16, pelo Ministério da Justiça, mostra que a Campanha Nacional do Desarmamento já recolheu 30,8 mil armas de fogo em todo o país. A campanha, que está em vigor há seis meses, já se aproxima do total entregue na campanha de 2008/2009, quando recolheu 31,8 mil armas de fogo.

Os revólveres, portanto, são a maior parte das armas entregues, somando 15,4 mil. Armas de grande porte, como espingardas, fuzis e rifles também foram recolhidas. Este tipo de arma representou 4,4 mil do total recolhido. Com isso, foram pagos R$ 2,8 milhões em indenizações. Para auxiliar, foram feitos acordos de cooperação com 21 Estados, permitindo o cadastro de 1.856 postos de recolhimento espalhados pelo país.

O estado que teve a melhor posição no ranking é analisado na relação entre o número da população e de armas devolvidas. Portanto, o Rio Grande do Sul liderou a lista com 34 armas entregues para cada 100 mil habitantes do Estado. Logo atrás ficou Pernambuco com 22,2 armas para 100 mil habitantes e Rio de Janeiro com 21 armas por 100 mil. Além disso, o Acre tem a marca de 19,9 armas por 100 mil e São Paulo de 19,7 por 100 mil.

A campanha segue até o último dia do ano, em 31 de dezembro. Após essa data, as entregas continuarão sendo aceitas, mas sem o pagamento de uma indenização. Os pontos de coleta no Brasil são Delegacias da Polícia Civil, postos da Polícia Rodoviária Federal, batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e unidades das Forças Armadas. Até o final do ano, o governo deve firmar parcerias com o Amapá, Amazonas e Tocantins como pontos de recolhimento.

Para conferir quais são as unidades autorizadas a coletar armas de fogo, acesse a página eletrônica oficial da campanha: http://www.entreguesuaarma.gov.br/.

Informações de Agência Brasil

FOTO: Ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Lula raspa cabeça e barba para enfrentar quimioterapia contra câncer de laringe

Avançar »

Lula ficou chocado ao se ver sem barba e careca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*