OAB contesta decisão de juiz goiano sobre anulação de união homoafetiva