Globocop e prefeitura do Rio de Janeiro são atingidos por disparos

Ninguém ficou ferido nestas situações, durante operação no Morro da Mineira para realizar apreensão de drogas e armas.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A TV Globo informou que o helicóptero da emissora – o Globocop – foi atingido por três disparos na manhã desta segunda-feira, dia 24, enquanto acompanhava uma operação policial no Complexo de São Carlos, zona norte do Rio de Janeiro.

Cerca de 150 homens de diversas delegacias especializadas participam da ação no Morro da Mineira. Houve intensa troca de tiros no momento que o helicóptero foi atingido.

Tiros também atingiram vidraças do centro administrativo da prefeitura do município. A prefeitura confirmou que balas estilhaçaram vidraças no 10º e no 14º andares, onde funcionam secretarias municipais. No horário, já havia funcionários trabalhando no prédio e houve pânico, mas todos ficaram abrigados no corredor até a ordem da equipe de segurança para que deixassem o prédio e ninguém se feriu.

Uma das cinco janelas de vidro do pavimento reservado ao gabinete do prefeito Eduardo Paes também foram atingidas. Não se sabe se foram balas perdidas ou direcionadas à prefeitura. No fim da manhã, os funcionários aguardavam notícias no saguão do Centro Administrativo São Sebastião.

No Globocop, além do piloto, Antonio Ramos, estavam a repórter Karina Borges e o operador de sistemas Roberto Mello Reis. Ninguém ficou ferido. “Pelo menos um dos projéteis atingiu a região próxima ao rotor de cauda da aeronave, modelo Eurocopter AS-350 B2, obrigando o piloto a realizar um pouso forçado no Aeroporto de Jacarepaguá”, informou a emissora.

A Aeronáutica afirmou que a aeronave foi alvejada por disparos minutos após levantar vôo, às 8h50min; por volta das 9h20min, o helicóptero pousou no aeroporto. Técnicos da 6º Delegacia de Polícia, de Cidade Nova, serão responsáveis pela perícia.

A polícia confirmou que realiza uma operação no Morro da Mineira para apreender drogas e armas. O helicóptero blindado da Polícia Civil também foi alvo de vários disparos, mas não foi atingido.

Informações de Estadão

FOTO: reprodução

Compartilhar

Cientistas alertam para possibilidade de novos eventos climáticos extremos no Brasil

Avançar »

Segundo pesquisa, 70% dos brasileiros estão insatisfeitos com o transporte público

3 comentários

  1. 24 de janeiro de 2011

    Deveria ter cido derubado assim eles me dariao ouvido das varias denuncias que fiz sobre traficos de armas e drogas pela fronteira em varias ocazioes mas acho que os diretores da emisora nao sao sabedores dos fatos pois seus estupidos reporteres com intençao de fama so atendem aquilo que lhes da lucro

    Responder
  2. 24 de janeiro de 2011

    traficos de armas drogas roubos de cargas sonegaçoes de impostos desvios demercadorias pedofilia agresoes as crianças 50 anos de istorias verdadeiras que possuo seus imbecis estupidos

    Responder
  3. josé felipe
    24 de janeiro de 2011

    É enfelizmente O Rio de janeiro não tem
    comando governante pelo aumenos é isso que eu consigo ver a uns dias passado era o morro do alemão e agora o trafico
    Ja se migra para os outros morros, porque não vijiar todos os locais aonde esse badidos se alojam? será que eles tomaram de conta da cidade?ou governo tem competencia para epulsar estes vagabundos

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*