• Visualizações 2326

Caso Bruno: Ex-mulher do goleiro teria almoçado com Eliza no dia da suposta morte

Entrevista de Dayanne não fecha com conclusão da polícia, de que Eliza teria sido morta na madrugada do dia 10 de junho.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Dayanne Souza, ex-mulher do goleiro Bruno, afirmou ter almoçado com Eliza Samudio no dia 10 de junho, no sítio de Bruno, em Esmeraldas (MG). A polícia diz que Eliza foi morta na madrugada deste dia.

Leia Mais

Advogado do goleiro Bruno acredita que jogador vai a júri popular

Dayanne disse também, em entrevista ao Fantástico, que o jogador lhe entregou o filho dele com Eliza. A ex-mulher foi solta na semana passada após ficar presa por cinco meses sob a acusação de seqüestrar a criança.

“Ela estava bem (…) ela não chegou perto de mim para pedir socorro. (…) Ela estava com um machucadinho no dedo. Eu perguntei a ela sobre o machucado. Ela falou que havia prendido na porta”, disse Dayanne. Ela afirmou também que o goleiro pediu para que ficasse com a criança porque ele não sabia como cuidar do bebê.

Segundo Dayanne, Sérgio Rosa Sales, primo de Bruno, disse a ela que se não tivesse pegado o bebê no dia 10, Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão, teria “eliminado” a criança. Ela disse não saber o que ele queria dizer com “eliminar”.

Informações de JB

FOTO: reprodução / Band

Compartilhar

Iniciativa de instalação de UPPs completa dois anos

Avançar »

Inadimplência volta a crescer

2 comentários

  1. 20 de dezembro de 2010

    sera que adaiane não sabia que a elisa iria morer como pode vc saber que outra pessoa vai morrer e almocar com ela normalmente como não vai acontercer nada e ser muito fria e não ter coração porque não deu um jeitinho e ajudou ela fugir chamava ela de canto contava tudo e ajudava ela fugir min desculpe daiane mais vc foi cruel vc cuidou do beber mais quis amorte dela talves por pensar que o bruno ficaria sõ para vc foi muito cruel

    Responder
  2. 16 de janeiro de 2011

    TUDO QUE VIER DE DAYANE – MÃE DE DUAS FILHAS COM O EX-GOLEIRO – E QUE FOR A FAVOR DO EX-GOLEIRO TEM QUE SER CONSIDERADO SUSPEITO. AFINAL, ELA DEPENDE DA PROFISSÃO DELE, PRÁ SUSTENTAR AS DUAS MENINAS E CONTINUAR NA MAMATA, NA MORDOMIA. PORTANTO, NÃO PODE TER CRÉDITO O QUE ELA DISSER A FAVOR DO EX-GOLEIRO, JÁ QUE DIFICILMENTE VAI CONTAR A VERDADE, E, ASSIM, CONDENÁ-LO, DE UMA VEZ.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*