• Visualizações 3243

Exército realiza ação no Complexo do Alemão

Para dar apoio as ações de combate à onda de violência no Rio, cerca de 800 soldados estão com a missão de cercar e isolar o conjunto de favelas.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Soldados do Exército foram cedidos pelo Ministério da Defesa para ação iniciada por volta das 15h desta sexta-feira, 26, no Conjunto de Favelas do Alemão e à Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio de Janeiro.

A ação faz parte do controle à onda de violência que iniciou na cidade desde o último domingo. Cerca de 800 soldados em mais de 50 viaturas realizam missão específica de cercar e isolar a Área do Alemão, para que ela seja ocupada pela Polícia. Na ação liderada pelo Batalhão de Operações Especiais na Vila Cruzeiro última quinta-feira, cerca de 100 traficantes acabaram encurralados e fugiram em direção ao Alemão. A operação contou com cerca de 350 homens e apoio da Polícia Civil e dos blindados fornecidos pela Marinha.

Imagens captadas pela Globocop (vídeo abaixo) mostram traficantes armados em becos na Favela do Alemão, na região onde a polícia ainda não chegou. Um deles aparece segurando um fuzil.

Informações G1

FOTO: reprodução / G1

Compartilhar

Ação do Bope na Vila Cruzeiro repercute na imprensa

Avançar »

Exército troca tiros com traficantes no Alemão

5 comentários

  1. 26 de novembro de 2010

    eu acho q se ouver a envosao muita gente vai more tanto moradores como bandido e pulicia vamos ter um segundo carandiru os traficantes so estoa esperando para espludir as outras favelas jaq arrosinha q fica na zona sul ja esta querendo se rebela vai ser um rastinho de povora ai meus amigo quero ver o estado segurar esta presao

    Responder
  2. Leandro
    26 de novembro de 2010

    A união das forças policiais e militares no combate ao crime demonstra que temos sim uma instituição de estado forte e capaz de combater ao crime organizado.
    Espero que essa ação muito bem feita! faça juz às vítimas inocentes que faleceram.

    Parabéns, mandem esses bandidos para a cadeia, e que fiquem lá (é necessário mudar as leis).

    Parabéns a esses guerreiros que enfrentam esses marginais e a população honesta que sofre nessas comunidades. Essa população será libertada com a implementação das UPP’s.

    Responder
  3. José Antonio
    27 de novembro de 2010

    A ação dos governantes deve ser mais enérgica, não podemos admitir atos de terrorismo em nosso país.
    Eu queria ver a aeronáutica atacando aqueles traficantes em fuga no alto do morro com caças, aí esses bandidos veriam o que é guerra de verdade!

    Responder
  4. 28 de novembro de 2010

    quero que a policia resolva isso

    Responder
  5. francisco das chagas de sousa morais
    15 de junho de 2012

    Nada será mais importante que a presença das Forças Armandas neste conturbado ambiente que é o complexo do alemão, pois a presença e seriedade com que o assunto vai ser tratado terá uma diferença muito grande, pois trata-se de uma força Federal, onde não há envolvimento com a população daquela região, aspecto bem diferente da Policia Militar, pois muitos dos homens que são destacados pra região vive e residem por lá mesmo,deixando suas familias a disposição ou a merce dos delinquetes que se misturaram aos homens e mulheres de boa índuli que moram por lá, enquanto as Forças Armadas, (Exérvito), não tem vivencia diaria por lá, o que facilita bem mais o trabalho de patrulhamento preventivo e a prisão de muitos destes fora da lei, parabenizo as forças Armadas onde tenho minhas raizes pelos bons serviços prestados a este povo no Rio de Janeiro

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*