• Visualizações 2151

Massa de ar polar espalha frio Brasil afora

Temperatura chega a -6°C e bate recorde de frio no país; trinta municípios da Região Sul registraram temperaturas negativas. –

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Os efeitos da grande massa de ar polar continuam atuando sobre a Região Sul do Brasil nesta quarta-feira, dia 14.

Leia mais

A Era do Gelo! Frio interdita BR 116 na Serra gaúcha

O fenômeno classificado pela Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera -NOAA como um dos maiores eventos de frio das últimas décadas, deixou as temperaturas negativas em 30 municípios da região – 15 no Rio Grande do Sul, dez em Santa Catarina e cinco no Paraná.

Na região central do Rio Grande do Sul, sair de casa para se dirigir ao trabalho ou às escolas foi uma das tarefas mais duras do ano. Em Santa Maria, ao menos ventou pouco, o que diminuiu o frio da manhã.

No entanto, os termômetros registraram 5°C às 7h10min da manhã. A sensação térmica era ainda mais baixa antes do sol nascer – até -3°C durante a madrugada – e só a partir das 7h20min o céu começou a se colorir.

Dia mais frio do ano no Paraná

Os dias de sol e calor em pleno inverno se foram. Os curitibanos acordaram nesta quarta-feira com muito frio e o tempo parcialmente coberto: segundo o Instituto Tecnológico Simepar, a cidade registrou nesta manhã 6,1°C.

A região centro sul do Estado enfrentará nesta quarta-feira o dia mais frio do ano. O Simepar detectou temperaturas negativas no Paraná nesta madrugada. Na cidade de General Carneiro, os termômetros marcaram -5,7°C; em Palmas, -1,3°C; e -4,3°C em Guarapuava.

-6°C em Santa Catarina

Esta madrugada foi a mais fria do ano também em Santa Catarina. Os termômetros chegaram a marcar -6°C na cidade de Urupema, localizada na região serrana do Estado.

A massa de ar polar trouxe temperaturas negativas e geada a vários municípios do Estado. Em Papanduva, na região norte, os termômetros chegaram a -5°C. São Joaquim, considerada uma das cidades mais frias do Brasil registrou -4,5°C durante a madrugada.

Em Florianópolis, os termômetros de rua marcavam 7°C pouco depois das 8h, quando muitas pessoas ainda chegavam ao trabalho. Segundo o Inmet, a mínima registrada na cidade foi de 5,7ºC.

Informações de portal Terra

FOTO: reprodução / Roni Rigon

Compartilhar

Caso Bruno: vídeo pornográfico de Eliza Samudio vira hit

Avançar »

Caso Bruno: material recolhido pela polícia “não é humano”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*