• Visualizações 228

Conheça Centro de Triagem ao coronavírus em Novo Hamburgo, primeiro a entrar em operação no Estado

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Facebook)

A prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, e o diretor da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo, Ráfaga Fotoura, apresentaram em vídeo nesta terça-feira detalhes do funcionamento do Centro de Triagem ao Coronavírus do Município. Ele é destinado exclusivamente ao atendimento de hamburguenses e desde a noite de sexta-feira, quando entrou em operação, já atendeu a mais de 90 pessoas. “Este centro é um dos primeiros no Estado a entrar em funcionamento, o que demonstra que toda a equipe está trabalhando com muita habilidade e rapidez nesta questão”, destaca Fátima.

O vídeo foi gravado no gabinete da prefeita. O centro está completamente isolado e ninguém, além de pacientes e profissionais diretamente ligados ao serviço, estão autorizados a circular no local, inclusive na rua que dá acesso a ele. “Por isso escolhemos gravar o vídeo. Explicamos de forma bem didática, inclusive com uso de desenho, para detalhar ao máximo o trabalho no centro”, destaca a prefeita. Vale ressaltar que, mesmo não tendo casos de coronavírus confirmados na cidade, Novo Hamburgo já trabalha com a certeza da circulação dele.

Durante a gravação, Ráfaga mostrou todo o processo de encaminhamento do paciente. Os pacientes não podem vir por conta até o Centro de Triagem. Eles são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Saúde da Família (USFs) ou Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). No Centro de Triagem, o paciente recebe o encaminhamento conforme sua condição. “O paciente será destinado a um médico, dentro do consultório. Lá ele vai fazer todos os exames. A partir disso, ele pode enviar o paciente para casa, para isolamento, o que é natural, tranquilo e em mais de 80% dos casos é feito”, conta Ráfaga. “Ou, se houver uma certa instabilidade, se for o caso de internação, o paciente vai para uma ala específica do Hospital Municipal, que também está isolada, ou, se for o caso, para uma UTI, também isolada”, completa.

Tanto Fátima quanto Ráfaga enfatizam que o Centro de Triagem não é referência para o Estado. É um atendimento municipal exclusivo para Novo Hamburgo. “A referência para o Estado, que vai utilizar assim que recebermos todos os equipamentos, é de UTI, regulado pela Central de Leitos do Estado”, enfatiza. “Este é o primeiro momento do atendimento, mas se nós não evitarmos o contágio, vai chegar o momento de o sistema colapsar, de não haver estrutura para atender a todos. Então este momento de isolamento é de extrema importância. É onde podemos achatar a curva do contágio. Por favor, fiquem em casa, orientem os idosos para não sair. Esta é uma luta de toda a população”, completa a prefeita.

http://www.facebook.com/watch/?v=197072875046371

 

Compartilhar

Campanha contra o Coronavírus cadastra mais de 700 voluntários em três dias

Avançar »

Clientes residenciais não poderão ter corte de energia elétrica por 90 dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical