Prefeitura investiga manchas de óleo encontradas no Rio dos Sinos

Amostras foram coletadas e estão em análise no laboratório da Comusa, para que se identifique a procedência do material. Resultados devem sair na próxima semana.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Em uma vistoria realizada na manhã de terça-feira, dia 26, a Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria de Meio Ambiente – SEMAM, localizou bolhas e manchas de óleo no leito do Rio dos Sinos.

Amostras foram coletadas e estão em análise no laboratório da Comusa – Serviços de Água e Esgoto, para que se identifique a procedência do material. Os resultados devem sair na próxima semana. As manchas foram localizadas no trecho do rio pertencente ao município vizinho de Campo Bom.

Leia mais: Unicef: Falta de água potável mata uma criança a cada 15 segundos no mundo

Leia mais: Dia Mundial da Água: R$ 750 mil ao ano para melhorar gestão de águas nos estados brasileiros

O alerta foi feito por técnicos da Comusa que sentiram o cheiro do produto químico no local, e por populares, que disseram ter visto as manchas. De acordo com a diretora de Licenciamento Ambiental da SEMAM, Luciane Maria, tratam-se de várias manchas pequenas de óleo.

 

“Como o nível da água está relativamente bom e a correnteza está forte, a tendência é que as manchas se desintegrem cada vez mais e se dissipem na vegetação e nos bancos de terra à beira do rio”, explica Luciane.

Mesmo assim, as manchas continuarão sendo monitoradas pela SEMAM. “O mais importante é que nenhum animal morto foi encontrado nesta vistoria e nem as plantas das margens do rio foram danificadas”, afirma a diretora. A Secretaria de Meio Ambiente de Campo Bom foi comunicada sobre o caso.

População deve denunciar

O descarte irregular de efluentes é crime (de acordo com o art. 54 da Lei Federal 9605/98) e quem visualizar algum tipo de mancha no leito do Rio dos Sinos ou dos arroios de Novo Hamburgo deve entrar em contato com a SEMAM pelo telefone 156, em horário comercial.

Nas quintas e sextas-feiras, das 19 às 23h30min, aos sábados das 9 às 23h30min e aos domingos das 12 às 23h30min, o atendimento é pelo telefone 9645-7266.

Informações de SEMAM

FOTO: reprodução / SEMAM

Compartilhar

Ingressos para Nóia x Passo Fundo custarão R$ 15,00

Avançar »

Feira hamburguense deve vender 45 toneladas de peixes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*