Eleições 2013: Cancelado o último debate dos candidatos à Prefeitura de Novo Hamburgo

TVNH e novohamburgo.org, que realizariam o debate em parceria, optaram por não fazê-lo quando uma das cadeiras estaria vazia. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O último debate entre os candidatos à Prefeitura de Novo Hamburgo, Luis Lauermann (PT) e Paulo Kopschina (PMDB), marcado para esta quinta-feira, dia 28, na TVNH, foi cancelado devido à ausência do líder da coligação Nova Frente Que Faz Bem.

Em respeito aos eleitores, a TVNH e o novohamburgo.org, que estão realizando a cobertura da eleição suplementar em parceria, optaram por não realizar um debate com uma das cadeiras vazias. Dessa forma, a programação não fica repetitiva ao realizar o que acabaria sendo uma entrevista – sem privilegiar, portanto, o candidato da aliança O Trabalho Vai Continuar. Assim, a partir das 22 horas, serão reprisadas as entrevistas com Lauermann e Kopschina exibidas na segunda e terça-feira, dias 25 e 26.

Os veículos de comunicação têm a certeza de estarem cumprindo seu papel com a série de entrevistas que fizeram com os dois candidatos e seus vices, as três pesquisas de intenção de voto registradas no Tribunal Superior Eleitoral – TSE e os painéis políticos com participação de representantes dos dois lados. No domingo, 03, realizarão grande cobertura jornalística a partir das primeiras horas da manhã até a comemoração do eleito pelo povo hamburguense para o cargo máximo do Executivo. 

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Programa “Guarda nas Escolas” conta com mais agentes

Avançar »

Eleições 2013: Como votar e o que é permitido no dia do pleito

Um comentário

  1. Eri E. Musskopf
    1 de março de 2013

    Estranho…
    Por que alguém que se candidata a Prefeito de um município do porte de NHamburgo, é tão avesso a debates?
    Quando em frente à câmara ou microfone, lê o que os outros lhe mandam ler. Nos discursos de rua, ouve-se apenas a sua vice.
    Talvez seja porque, sendo ele “nativo” de Novo Hamburgo, a maioria de hamburguenses “estrangeiros” não tenham capacidade de lhe entender.
    Enfim, “a sorte está lançada!”
    Todos os obstáculos, justos ou não, inconfessados e não, restaram superados.
    Certamente, a uns e outros, o eleitor saberá dar a sua resposta.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*