Eleições 2013: Nova pesquisa busca ouvir população sobre pleito de Lauermann x Kopschina

Este é o segundo levantamento solicitado pelo mesmo grupo, para ouvir 600 pessoas sobre sua intenção de voto agora que o cenário se modificou. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Desde quarta-feira, dia 13, estão nas ruas funcionários do instituto Studio Pesquisas com questionários sobre as eleições suplementares do dia 03 de março em Novo Hamburgo. O objetivo é ouvir a comunidade sobre sua intenção de voto no pleito até esta sexta, 15.

A pesquisa eleitoral foi encomendada pela TVNH, com o apoio do novohamburgo.org e da revista News, grupo que já solicitou levantamento anteriormente, quando Tarcísio Zimmermann (PT) ainda era candidato. Estão sendo entrevistadas 600 pessoas sobre sua preferência entre Luis Lauermann (PT) e Paulo Kopschina (PMDB).

A divulgação dos resultados é permitida a partir de domingo, dia 17. Na pesquisa anterior, Zimmermann ficou com 50,2% das intenções de voto e o peemebebista, com 25,3%. 16,8% dos entrevistados não sabiam em quem votar.

DEBATE – Na noite desta sexta-feira, uma mesa redonda irá discutir a política hamburguense na TVNH (canal 14 da NET), após o Jornal das Dez, às 22h30min. Rodrigo Steffen e o jornalista Felipe de Oliveira representarão o novohamburgo.org, acompanhados por Adriano Alves de Oliveira, da emissora de televisão, e Cleber Martin, diretor da revista News.

O leitor do Portal pode acompanhar a conversa ao vivo pela internet:

Assista à primeira mesa redonda sobre o assunto, realizada em 04 de fevereiro: 

 

FOTO: especial / novohamburgo.org

Compartilhar

Duplicação da rua Rincão é retomada

Avançar »

Bicicletas invadem as ruas na “Bike Night”

Um comentário

  1. 16 de fevereiro de 2013

    Acredito que é uma grande oportunidade dos nossos eleitores manifestarem-se em julgar por meio do voto essa administração. Agora, o eleitor é soberano na sua escolha, ou apoia o projeto do 13, ou aposta no projeto do 15. Uma coisa é o que foi realizado em 4 anos, o outro projeto é o de 32 anos. Não será o TRE, que irá decidir o melhor para Noia, mas os eleitores serão agora os verdadeiros juízes. Creio, na justiça popular! Éditon Pires

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*