Formalizado convênio entre o Pensando Novo Hamburgo e Instituto Penal

Iniciativa prevê o desenvolvimento de cursos profissionalizantes e palestras educativas para os presos do regime semi-aberto e aberto.

Victor Hugo Furtado victor@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nesta terça-feira, dia 28, às 12 horas, ocorreu a formalização do convênio entre o grupo Pensando Novo Hamburgo e o Instituto Penal do município, na tradicional reunião-almoço quinzenal do grupo, na sede do Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL da cidade.

A iniciativa prevê o desenvolvimento de cursos profissionalizantes e palestras educativas para os presos do regime semi-aberto e aberto. A intenção é promover a ressocialização com a sociedade e capacitá-los para a inserção no mercado de trabalho.

Esteve presente o diretor do Instituto Penal, Paulo César de Oliveira, que fez questão de apresentar as diversas precariedades que enfrenta o sistema carcerário no cenário municipal. O diretor é o único do local – deveriam ser de 13 agentes. A instituição não conta com advogado e nem um psicólogo. Em relação aos apenados, 203 estão no regime semi-aberto e 107, no aberto.

“Nesse tipo de segurança, as pessoas deveriam reclamar menos e contribuir mais”, comenta a advogada e coordenadora geral do Pensando Andrea Schneider.

Segundo a coordenadora, o calendário de cursos profissionalizantes e palestras educativas para os apenados será divulgado em março de 2013.

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Divulgadas as atrações do Natal dos Sinos 2012

Avançar »

Cine Ser CVV exibe “Quando os anjos falam” gratuitamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*