Pensando Novo Hamburgo certifica empresas e anuncia próximas ações

Instituições que participaram do movimento Abrace Novo Hamburgo receberam certificados. Entre as próximas atividades, estão um seminário sobre drogadição e um concurso cultural.

Mônica Neis Fetzner monica@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A reunião do Pensando Novo Hamburgo desta quarta-feira, dia 25, se referiu mais a ações do que a ideias. É que a coordenação grupo certificou as empresas que participaram do projeto Abrace Novo Hamburgo.

Tudo começou na reunião de 27 de junho, quando foram distribuídas plaquinhas que desafiavam as instituições que as receberam a fazer alguma ação em prol da cidade. Houve doação de roupas, alimentos, brinquedos, livros e revistas; visitas a lares; seguros de vida dados a funcionários; seminário de resgate de valores; rifa; dinâmicas de integração em 18 escolas; melhorias em projetos sociais… E a contribuição do Portal novohamburgo.org: uma página, atualmente em desenvolvimento, que reunirá dados de todas entidades beneficentes do município.

Leia Mais 

Pensando Novo Hamburgo realiza abaixo-assinado contra mudança na legislação sobre drogas 

Corrente do bem: Pensando Novo Hamburgo desafia empresas e entidades 

Entidades do município realizam o Dia do Abraço 

Pensando Novo Hamburgo lança movimento em prol da cidadania

Quem representou o Portal foi Simone Steffen (no centro), responsável pelo comercial do site. As plaquinhas passaram de uma empresa para outra, sempre com o desafio de fazer mais pela comunidade. “Muitas instituições quiserem ficar com elas, para continuar o movimento”, contou Vanessa Reis (à esquerda), diretora do projeto.

Próximas atividades

O encontro também foi de anúncio das atividades que serão desenvolvidas pelo grupo nos próximos meses. Entre elas, um seminário sobre drogas, no dia 24 de setembro, voltado especialmente a professores das escolas do município. Segundo a coordenadora do Pensando, Andrea Schneider (à direita), cada tipo de droga será levado ao encontro e apresentado aos educadores, para que saibam identificá-las caso as encontrem com estudantes.

Um concurso cultural para crianças, adolescentes e professores, cujo regulamento está sendo elaborado pela direção do grupo, também está entre as próximas ações. O objetivo é fazer os participantes pensarem sobre a recuperação de valores, com direito a premiação, que ainda não foi definida.

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Após debates, estudantes finalizam projeto VER-SUS

Avançar »

Jovem é internado após confessar três assassinatos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*