“Nem em coletivo vi o nosso time jogar dessa forma”, lamenta técnico do Nóia sobre partida no Olímpico

Itamar Schulle, comandante da equipe que não perdia há 11 jogos, avalia ter sido culpado pela derrota. “Talvez tenha faltado passar algo.”

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Um calor de 35 graus e a tarefa de vencer o Grêmio dentro do estádio Olímpico, em Porto Alegre. Não deu para o Novo Hamburgo, que até então comemorava a marca de 11 jogos de invencibilidade no Gauchão 2012. O técnico Itamar Schulle se culpa pelo resultado de 5 a 0.

Leia Mais

Dupla Gre-Nal vence com atuação de luxo e goleada gremista sobre o Nóia

“Nem em coletivo vi o nosso time jogar dessa forma”, disse Schulle após a partida. “Erramos em todas as áreas. Falei para os atletas descansarem… O culpado dessa derrota fui eu, talvez tenha faltado passar algo para eles.”

A importância de acreditar no grupo e não deixar com que este resultado negativo apague e desamine o elenco foi destacada pelo treinador. “Quando vencemos não somos os melhores, então quando perdemos também não podemos dizer que somos os piores”, avalia. “Perdemos dois jogos, e para duas equipes consideradas grandes”, disse, referindo-se ao Internacional e ao Grêmio.

Informações de Imprensa ECNH

FOTO: Edu Andrade / Grêmio FBPA

Compartilhar

Centro que atende mulheres vítimas de violência completa um ano

Avançar »

Amyr Klink visita Novo Hamburgo para palestrar em universidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*