Após 36 dias, manifestantes desocupam rua do governador Sérgio Cabral