Lançamento das obras de regularização fundiária na Vila Palmeira reúne dois mil moradores

Expectativa é de que intervenções, que demandam investimento de R$ 22,3 milhões, estejam finalizadas em 18 meses. Construções e reformas de casas estão no projeto. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

As obras de regularização fundiária e urbanística da Vila Palmeira, no bairro Santo Afonso, em Novo Hamburgo, foram oficialmente lançadas na segunda-feira, dia 13. Os trabalhos, no entanto, começaram no dia 30 de janeiro, com a instalação do canteiro de obras.

O investimento no projeto é de R$ 22,3 milhões. Em uma área de 15 hectares, ruas de chão batido darão lugar a vias pavimentadas com calçamento, casas serão reformadas e outras substituídas por novas edificações, e a infraestrutura de redes de esgoto, água, luz e instalações elétricas será reformulada. Praças, uma nova Unidade de Saúde da Família (USF) e uma escola de educação infantil também estão previstas.

Na primeira etapa da regularização fundiária, o investimento será de R$ 8.514.464,34. Após esta fase, serão iniciadas as construções de 336 novas moradias, que em média 44 metros quadrados, e reformas de 445 casas já existentes. O problema dos alagamentos também deverá ser resolvido. Com os investimentos, os esgotos e água da chuva serão canalizados. A maioria das ruas deixará de ser de chão batido e receberá uma pavimentação especial, capaz de escoar a água.

A previsão é de que as obras sejam finalizadas em 18 meses. Ao todo, o projeto beneficiará 781 famílias.

Durante a cerimônia, acompanhada por cerca de duas mil pessoas e encerrada com show da dupla hamburguense Lucas & Felipe, a prefeita em exercício, Lorena Mayer (PDT), chamou Tarcísio Zimmermann (PT) ao palco, que se recupera de cirurgia. “Iniciamos a captação de recursos em 2009 e agora daremos o início de obras, graças ao empenho de todos os envolvidos”, destacou o prefeito.

Veja abaixo os direitos e deveres dos moradores após a regularização fundiária:

Informações de Imprensa PMNH

FOTOS: Gustavo Henemann / PMNH

Compartilhar

Representantes da Fenac esperam aumento da parceria com a Argentina após viagem de negócios

Avançar »

Delegados do Orçamento Participativo aprovam novo regimento

Um comentário

  1. darlan
    13 de maio de 2012

    acho que a obra esta meio lemta e espero que o objetivo seja alcansado pois tenho objetivo de darr um lar digno para meus filhos e minha esposa pois moramos em uma casa muito pequena e mmuito precaria

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*