Dezembro será marcado por ações pela paz, promete movimento

Campanha hamburguense chamada “Dezembro branco, dezembro de paz” já foi aderida também por outras cidades, como Campo Bom.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nesta quinta, dia 1°, o último mês do ano inicia marcado pelas ações do movimento Dezembro branco, dezembro de paz. Nesta quarta, 30 de novembro, três dos integrantes visitaram o Portal novohamburgo.org para divulgá-las.

Leia Mais

Pensando Novo Hamburgo lança movimento pela paz e recebe organizadores do Natal dos Sinos

Plácido Crescente, Andrea Schneider e Vanessa Reis (foto) destacaram a parceria entre o grupo Pensando Novo Hamburgo e a ONG Agir e a necessidade de mudar o quadro de violência em que a cidade se encontra. “Nós estamos convidando toda a comunidade para que façam ações pela paz, para agregar ao movimento”, salienta Vanessa. “As empresas podem definir um dia e pedir para que todos os seus funcionários vão ao trabalho de branco, por exemplo.”

Já na última sexta-feira, dia 25, o Dezembro branco agia para espalhar a ideia. A banda hamburguense Reação em Cadeia fez show na Praça do Imigrante usando as fitas que estão sendo distribuídas pelo movimento (confira no vídeo abaixo) para serem colocadas nas roupas. Antes, a campanha foi apresentada ao público. O vocalista, Jonathan Corrêa, também usou a camiseta do projeto.

O movimento fará parte dos desfiles do Natal dos Sinos, como a 12ª ala. “Toda a comunidade está convidada a participar”, esclarce Andrea. “Nós queremos que as pessoas busquem a paz dentro delas mesmas, para que este sentimento não fique apenas para o dia 25 de dezembro, mas nos outros 364 também.”

Também está planejado o Dia do Branco, data em que ocorre o show Natal da Família, com Délcio Tavares, na Praça do Imigrante. O movimento pede que as pessoas compareçam de branco, e promete distribuir fitinhas e mensagens para o público.

OUTRAS CIDADES – A campanha, inicialmente focada em Novo Hamburgo, está se espalhando. Conforme Vanessa, Araricá, Campo Bom e São Leopoldo estão aderindo ao projeto. “Uma menina de 12 anos de Campo Bom, a Nicole, está divulgando a ideia e distribuindo fitas”, exemplifica Plácido. “É um ato muito simples, mas muito profundo.”

Para mais informações, o movimento recebe ligações no escritório de Andrea. O telefone é (51)3595-0907.

Confira abaixo a Reação em Cadeia usando as fitas e a camiseta do Dezembro branco, dezembro de paz:

 [nh]sLN3rTuqGf0&feature[/nh]

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Ingresso para Concerto de Natal no Teatro Feevale é um quilo de alimento

Avançar »

Entidades se mobilizam no Dia Internacional de Luta Contra a Aids

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*