Bairro Canudos oferece oficina de inclusão digital e acessibilidade

Oficina aproxima a população da informática, principalmente portadores de deficiências e pessoas atendidas pela assistência social do bairro.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Na manhã desta quinta-feira, dia 10, o prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, conhecerá de perto uma ação de inclusão digital e acessibilidade. Esta ação, realizada pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Inclusão Digital – Setid, procura aproximar a população da informática.

Esse encontro será o terceiro da Oficina de Inclusão e Acessibilidade, feita no Telecentro do Centro Social Marista, localizado na rua Joaquim Gonçalves Ledo, nº 244, das 9h às 11h. Quem tem o benefício de ir à oficina são as pessoas portadoras de deficiências e também aquelas que são atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social – Cras, do bairro Canudos.

Essa oficina durará três meses e, semanalmente, um grupo de dez pessoas se reúne para aprender lições sobre o uso de computadores. Quem orienta a população hamburguense é o monitor do telecentro, Luciano Graça da Silva, que é deficiente visual.

“Me sinto realizado podendo ensinar as pessoas. A vontade que elas têm de aprender é um incentivo a mais pra mim”, afirmou o orientador. Quem já está gostando de aprender é o Jorge Lemos Lopez (foto), de 59 anos e que nunca tinha usado um computador. “Estou gostando de aprender. Tem que apertar as letras aqui”, explicou ao escrever seu nome através do teclado do computador.

Informações de PMNH

FOTO: Bruna Provenzano / PMNH

Compartilhar

Polícia investiga incêndio em fábrica de calçados

Avançar »

Prefeitura renova parceria com Hospital da Visão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*