Mobilidade urbana da cidade será melhorada com 18 novas pontes

A Prefeitura construirá 11 passagens novas e outras sete serão feitas pelo Consórcio Nova Via, juntamente com o avanço do metrô.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Os problemas de mobilidade urbana dos hamburguenses devem chegar ao fim. A cidade investe na construção de novas pontes para melhoria do trânsito de Novo Hamburgo, que é cada vez mais afetado pela construção do Trensurb.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras Públicas e Serviços Urbanos – SEMOPSU, construirá 11 passagens novas, melhorias inseridas no PAC Manejo de Águas Pluviais, que reúne recursos que superam os R$ 22,7 milhões. Outras sete passagens também serão feitas, mas pelo Consórcio Nova Via, na medida que as obras de extensão do metrô avançarem.

De 11 passagens novas do PAC Manejo de Águas Pluviais, nove serão instaladas no bairro Canudos, passando sobre o arroio Pampa. As outras duas passagens feitas pela Prefeitura serão feitas no bairro Liberdade, nas ruas Bom Fim e Icó. Segundo o prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, o objetivo é oferecer novas alternativas aos motoristas e qualificar o sistema de drenagem, garantindo mais segurança para a população.

As pontes das ruas Curitibanos e Colúmbia já estão sendo construídas em um investimento de R$ 780 mil. “Estamos trabalhando em uma série de intervenções que buscam a contenção das cheias em Novo Hamburgo, com resultados já aparentes. As novas pontes vão contribuir e muito nesse processo”, explicou o secretário Luiz Fernando Farias. As pontes das ruas Pedro José Treis, no bairro São Jorge, ruas Limoeiro e Corumbá, no bairro Liberdade, já estão prontas e somam investimentos de R$ 550 mil.

Obras do metrô garantem a construção de sete nove pontes

Juntamente com as obras de extensão da Linha 1 do Trensurb, serão construídas novas pontes. As construções já começaram na rua Tapes (foto), no bairro Ideal, e rua Castro Alvez, sobre o arroio Luiz Rau, e tem previsão de término entre novembro e dezembro deste ano. Em compensação, as passagens da avenida Nações Unidas foram demolidas para ampliar o metrô. Também foram demolidas as pontes das ruas Três de Outubro e Cinco de Abril.

Porém, a ponte da rua Três de Outubro – que fica entre os bairros Ideal e Pátria Nova, junto à Estação Rodoviária Normélio Stabel – será reconstruída junto com as obras da Estação Fenac. Ainda serão demolidas e reconstruídas, de forma mais larga e segura, as pontes da avenida  Avenida Frederico Linck e das ruas Marcílio Dias e Joaquim Nabuco.

Informações de PMNH

FOTO: Ronan Dannenberg / PMNH

Compartilhar

Incêndio consome fábrica de calçados em Canudos

Avançar »

Fábrica incendiada no município pode ter prejuízo de mais de R$ 1 milhão

Um comentário

  1. alexandre
    14 de setembro de 2012

    melhorias igual a ponte de canudos na curitibanos que mal foi inaugurada e já ta afundando !!!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*