Noite de literatura e jazz na Fundação Scheffel

Henrique Schneider faz última sessão do Leituras Feevale Contos da Vida Breve 2011 no Rio Grande do Sul ao som da “dama do jazz”, dona Ivone Pacheco. Entrada é gratuita. .

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Quem gosta de literatura e música tem destino certo nesta quinta-feira, dia 27, em Novo Hamburgo.

A Fundação Scheffel (av. General Daltro Filho, 911, Hamburgo Velho) é o palco da última sessão do projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve 2011 no Rio Grande do Sul. A partir das 20h30min, Henrique Schneider lê seus textos ao lado de uma atração especial: a “dama do jazz”, Ivone Pacheco.

A entrada é gratuita. O projeto mantido pelo escritor hamburguense há cinco anos, sempre patrocinado pela Universidade Feevale, já passou por 12 cidades em dois meses. Durante 50 minutos, ele interpreta 12 contos entre os mais de 400 que já publicou no jornal semanal ABC Domingo, do Grupo Sinos, tratando de temas do cotidiano.

“É um convite à leitura. As pessoas descobrem a literatura ouvindo”, explica Schneider. Seu livro mais recente é justamente uma coletânea desses textos. A Vida é Breve e Passa ao Lado (Dublinense, 2011) foi lançado na Feira do Livro de São Leopoldo, em setembro, onde foi patrono.

A dobradinha com a “dama do jazz” não é novidade. Começou em 2010, na abertura do mesmo projeto, na própria Fundação Scheffel (foto), e neste ano se repetiu na Palavraria, em Porto Alegre. Ivone Pacheco, 78 anos, é fundadora do Clube de Jazz Take Five. “Tenho certeza que ela vai emocionar o público, como costuma fazer”, aposta o escritor. O repertório promete standards de jazz e clássicos da Chanson Française.

Na quinta edição do Leituras Feevale Contos da Vida Breve, Henrique Schneider faz um roteiro inédito na Europa. Apresenta-se em Porto e Lisboa, em Portugal, no início do mês que vem. Em Buenos Aires, na Argentina, esteve pela quarta vez em setembro. Garante, no entanto, que a emoção de ler na sua cidade natal é incomparável. Ele espera a presença do anfitrião, o artista plástico Ernesto Frederico Scheffel, na sessão desta quinta-feira.

FOTO: divulgação / VERSÃO FINAL Comunicação versaofinal@uol.com.br

Compartilhar

Começa a construção de escola em Lomba Grande, conquistada através do Orçamento Participativo

Avançar »

Composições para o Festival Nossa Música são selecionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*