Proteção ao comércio hamburguense: Fenac proíbe feiras itinerantes nas vésperas de datas comemorativas

Diretor-presidente Elivir Desiam explica que decisão de não sediar feiras antes de datas significativas para varejo, como o Dia das Mães, vai para o regimento interno.

Mônica Neis Fetzner monica@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Daqui para frente, feiras itinerantes na Fenac, em Novo Hamburgo, terão que obedecer a um novo regramento interno. Os pavilhões do local (foto) não receberão estes eventos quando ocorrerem nas quinzenas que antecedem datas comemorativas importantes para o varejo.

A decisão, anunciada pelo diretor-presidente Elivir Desiam na última sexta-feira, dia 14, inclui Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia das Crianças e Natal. A atitude atende solicitações da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL e do Sindicato do Comércio Varejista – Sindilojas de Novo Hamburgo. A intenção é preservar o comércio local, conforme Desiam.

O diretor-presidente explica ao Portal novohamburgo.org que a nova regra da Fenac, mais do que uma decisão política da atual administração, é formal. “A decisão vai fazer parte do regimento interno. O conselho administrativo deu plenos poderes à diretoria, por unanimidade, para proceder assim.”

Em agosto deste ano, o presidente da CDL Remi Carasai esteve reunido com o vereador Jesus Martins (PTB). O primeiro debate formal, no entanto, foi feito em 2008, proposto por Ralfe Cardoso, na época vereador pelo PSOL, por força de comerciantes que o procuraram. O projeto foi aprovado pela Câmara e vetado pelo então prefeito hamburguense Jair Foscarini (PMDB). Depois, o Legislativo manteve o veto.

POLÊMICA – Uma edição da Feira de Ibitinga em maio daquele ano causou polêmica entre comerciantes locais. A exposição reuniu nos prédios da Fenac produtos de fabricantes de fora de Novo Hamburgo no final de semana do Dia das Mães. “É inadmissível que nossos comerciantes tenham suas vendas prejudicadas nos períodos em que elas mais crescem”, argumentava Ralfe, na época. Hoje, comemora. “[A medida] é saudável, vem ao encontro do que a economia local precisa.”

E você, hamburguense, o que acha da nova medida?

[poll]57[/poll]

FOTO: divulgação / Fenac

Compartilhar

Hamburgtec será inaugurado no fim do mês, anuncia prefeito

Avançar »

Brasil afora e em agências hamburguenses, bancários voltam ao trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*