Grupo Pensando Novo Hamburgo doa livros de literatura inglesa ao colégio 25 de Julho

Coordenador do curso Tradutor e Intérprete Altair Ritzel recebeu as obras de clássicos como “Vinte mil léguas submarinas”.

Mônica Neis Fetzner monica@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A educação profissionalizante foi tema da reunião do grupo Pensando Novo Hamburgo nesta quarta-feira, dia 14. Depois da apresentação do curso Tradutor e Intérprete do colégio 25 de Julho, feita pelo coordenador Altair Ritzel, o grupo doou 70 livros de literatura inglesa à escola.

Entre os títulos que passarão a integrar a biblioteca da instituição, estão Vinte mil léguas submarinas, Robson Crusoe, O último dos moicanos e obras de William Shakespeare. Existente em Novo Hamburgo há mais de 30 anos, o curso aborda a língua inglesa e conta atualmente com cerca de 170 estudantes – 25 se formam em dezembro.

Ritzel destaca a importância da área para comunidade que mora não apenas em Novo Hamburgo. “É um curso de extrema relevância na vida do município e arredores, porque temos alunos de várias cidades da região”, explica. A variedade é grande também nas faixas etárias. “Estar pelo menos no segundo ano do ensino médio, ou seja, em torno dos 16 anos, é requisito, mas estudantes desta faixa são minoria. Temos profissionais com mestrado e até uma doutora cursando o Tradutor e Intérprete. 80% são adultos.”

O edital de seleção para o próximo semestre deve ser aberto em breve, conforme o professor Ritzel. A cada seis meses são oferecidas 90 vagas para o turno da noite e a cada 18 meses 30 vagas para o da manhã. O curso tem duração de três semestres.

Mercado de trabalho é

amplo, relata coordenador

O curso, totalmente gratuito, é uma oportunidade de qualificação para empregos que estão surgindo graças a eventos que o Brasil vai sediar. “Tanto se fala em Copa do Mundo, em Olimpíadas. O serviço de tradução e interpretação torna-se cada vez mais necessário”, avalia Ritzel.

Além disso, salienta, o mercado de trabalho para a área é amplo. “O aluno pode trabalhar com exportação, por exemplo, mas esta é apenas uma fatia. Hotelaria, gastronomia, turismo, tecnologia da informação e publicidade são outros setores que precisam da língua inglesa.”

Mais informações sobre o curso Tradutor e Intérprete podem ser obtidas pelo telefone (51) 3595-2026.

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Blitz flagra 18 condutores com IPVA atrasado

Avançar »

Orgulho gaúcho mantém Parque do Trabalhador em festa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*