Novo Hamburgo ganhará documentário

Projeto em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento desenvolverá uma peça institucional de apresentação da cidade, reunindo lugares como Hamburgo Velho e Parcão.

Da Redação redacao@novohamburgo.org(Siga no Twitter)

Novo Hamburgo deve ganhar visibilidade com um novo projeto em andamento. Por conta da parceria da cidade com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, está sendo desenvolvida uma peça institucional de apresentação da cidade que vai servir como introdução dos projetos de revitalização de Hamburgo Velho, do Parque Henrique Luiz Roessler (Parcão), do Centro, da Sub-bacia do Arroio Pampa e do Plano Estratégico de Desenvolvimento Local (PEDEL). Após ser finalizada, a peça será exibida em Washington, EUA, durante o processo de conclusão do financiamento em andamento. Ela será uma peça de comunicação multimídia, que integrará vídeo, imagens, projeções tridimensionais de Novo Hamburgo.

O primeiro a participar da série de entrevistas e coletas de imagem, foi o prefeito Tarcísio Zimmermann, que deu um depoimento de como a parceria com a instituição internacional está ajudando no desenvolvimento de projetos e soluções ao Município. “A parceria com o BID trouxe inúmeros aspectos positivos, desde um planejamento global para a cidade até o apontamento de soluções para nossas carências em algumas áreas”, afirma Tarcísio.

Segundo a diretora comercial da TDA Brasil, Maria Augusta Lincoln, o exemplo de Novo Hamburgo é motivo de admiração pelo BID, por ser a primeira cidade no Brasil a se relacionar de forma integral, em várias esferas, com a entidade. “Novo Hamburgo é a menina dos olhos neste projeto”, afirmou a diretora. Segunda Maria Augusta, a apresentação multimídia fala de todos os programas do BID na Cidade, e pontua cada fase. “O prefeito e sua equipe sempre se mostraram muito atentos a este projeto e isso transformou a cidade neste exemplo”, completou. Durante as entrevistas, o grupo também realizou a captura de imagens aéreas da cidade.

Ainda, os projetos de revitalização dos bairros Hamburgo Velho, Centro e Corredor Cultural (área que liga os dois bairros) já foram entregues ao prefeito. Durante um ano, estudos e audiências públicas foram realizados buscando a elaboração do material final. “É um trabalho extremamente profissional, com muita participação da comunidade e, no caso de Hamburgo Velho, de institutos como o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)”, explica a coordenadora da Unidade de Gestão de Projetos da Prefeitura, Rosaura Giordano.

A Requalificação Urbana do Município (somado aos projetos da Sub-bacia do Arroio Pampa) pode ser financiada com recursos do BID. Cerca de R$ 76 milhões devem ser investidos nas obras, US$ 23.912.900,00 do órgão financiador, e a mesma quantia de contrapartida da Prefeitura. Ainda em agosto, a equipe da UGP irá a Brasília participar de um treinamento sobre o processo de financiamento do BID. Incluídos no projeto estão a instalação de equipamentos urbanos, pavimentação, passeios públicos, revitalização de praças e espaços públicos, ciclovia e a recuperação de prédios históricos.

Informações de Imprensa PMNH

FOTO: Kadja Menezes

Compartilhar

Obras na Unidade Saúde da Família Petrópolis são iniciadas

Avançar »

Prefeito recebe demandas do Orçamento Participativo

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*