Diretor de Inclusão Digital anuncia 11 novos telecentros

Durante reunião do grupo Pensando Novo Hamburgo, Jeferson Costa destacou novas unidades e projetos aplicados no município.

Mônica Neis Fetzner monica@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O diretor de Inclusão Digital da Secretaria de Tecnologia da Informação e Inclusão Digital de Novo Hamburgo – Setid, Jeferson Costa (foto), participou da reunião do grupo Pensando Novo Hamburgo nesta quarta-feira, dia 03, onde anunciou 11 novos telecentros para o município.

A cidade conta com seis, atualmente: na Agência Municipal de Empregos – AME, na Biblioteca Municipal, no Centro Social Marista, nas escolas municipais Eugênio Nelson Ritzel e Francisco Xavier Kunz e na Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial – Abefi.

“O objetivo é dar aos cidadãos um local para usar o computador gratuitamente, para que se apropriem da informática em suas vidas”, explica Costa. Os novos telecentros contarão com 11 computadores cada, além de impressora e outros equipamentos. Serão chamados mais 20 monitores dos 146 anteriormente selecionados pela prefeitura, dos quais 10 atualmente já recebem bolsa de estudos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.

Costa destacou também o programa Um Computador por Aluno – UCA, desenvolvido pelo governo federal e aplicado pela prefeitura. “Queremos que daqui a dois anos todo aluno tenha um tablet. Os netbooks que estamos implantando hoje nas escolas, quando ficarem mais comuns, poderão inclusive ser levados pelos alunos para casa. Isso é realidade no Uruguai, por exemplo, em que o índice de roubos é pequeno”, ressalta.

Coronel divulga mudanças na Brigada Militar

O coronel da Brigada Militar Carlos Armindo Thomé Marques (foto ao lado) também esteve na reunião do Pensando Novo Hamburgo. Na ocasião, anunciou que substituirá o coronel Kleber Senisse, atual titular do Comando Regional de Polícia Ostensiva – CRPO do Vale do Sinos. Conforme Marques, Senisse está se desligando da corporação e tem planos de morar no exterior.

Marques utilizou o espaço para afirmar que a Brigada Militar está trabalhando no combate ao narcotráfico em Novo Hamburgo. “Temos que atingir o tráfico na sua estrutura econômica, e é o que estamos fazendo. Na última sexta-feira [dia 29 de julho], corria a informação de que os viciados de Novo Hamburgo e São Leopoldo estão reclamando que faltam drogas nas bocas”, relata. “Estamos aqui para trabalhar pelo cidadão de bem.”

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Volume anormal de chuvas causa transtornos em obras

Avançar »

Escola de samba lança enredo do carnaval de 2012

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*