Segunda assembléia regional do Orçamento Participativo elege Educação como prioridade

Demanda geral mais votada é referente a programa de recuperação de instalações elétricas das escolas da rede municipal.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nesta quarta-feira, dia 15, moradores do bairro Canudos apresentaram suas demandas na segunda assembléia regional do Orçamento Participativo – OP 2011, relacionada à Região 2, Canudos Oeste.

Leia Mais

Iniciam as assembléias regionais do Orçamento Participativo

A comunidade ligada à Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Deodoro da Fonseca, por exemplo, se mobilizou e conquistou 50 votos para a demanda relacionada à reforma e ampliação da área administrativa da instituição de ensino. “É a primeira vez que participamos e agora nos sentimos parte da administração municipal”, apontou a diretora Luciane Silveira.

A região Canudos Oeste contempla moradores do Mundo Novo, Visital, Kunz, Potiguara e Canudos Tradicional. No Ginásio de Esportes do Márcio, 121 pessoas estiveram cadastradas para a assembléia. Foram eleitos 13 delegados. Entre as demandas gerais mais votadas estavam as áreas de Educação (programa de recuperação das instalações elétricas nas escolas da rede pública municipal, 195 pontos), Saúde (reforma do Hospital Municipal e construção de novo anexo, 119) e Desenvolvimento Social (Programa ConVida, 114).

Nas demandas locais, as primeiras colocadas foram Educação (reforma e ampliação da área administrativa da EMEF Presidente Deodoro da Fonseca, 263 pontos), Desenvolvimento Econômico – Geração de Renda e Emprego (construção ou locação de galpão de triagem de material reciclado no bairro Canudos, 128) e Desenvolvimento Social (CRAS Móvel Itinerante, 122). O resultado completo das assembléias pode ser conferido na página do Orçamento Participativo.

O prefeito Tarcísio Zimmermann (PT) destacou a importância da participação da comunidade. “No OP, vocês verão diversas lideranças divulgando suas iniciativas e pedindo que elas entrem na pauta de investimentos. Aqui é o espaço para que a comunidade participe, com demandas nas mais variadas áreas”, ressaltou.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: divulgação / Ronan Dannenberg

Compartilhar

Iniciam as assembléias regionais do Orçamento Participativo

Avançar »

Ciência que avança: Coleta de células-tronco de cordão umbilical já pode ser feita em Novo Hamburgo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*