Mediadores de conflitos auxiliarão moradores do Santo Afonso

Integrantes do Justiça Comunitária participaram de cursos vinculados ao Ministério da Justiça e beneficiarão cerca de duas mil pessoas.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Problemas no bairro Santo Afonso que não precisam da intervenção de entidades de segurança ou do poder Judiciário agora serão resolvidos por um dos 20 mediadores de conflitos do local, em Novo Hamburgo.

A cerimônia de entrega de diplomas do programa Justiça Comunitária, da prefeitura, ocorreu na Base Pronasci da localidade. Amigos e familiares dos formandos acompanharam a solenidade da última quarta-feira, 18, além de autoridades municipais e os profissionais que atuam no programa.

Desde o início do ano, os integrantes do Justiça Comunitária participaram de cursos de capacitação vinculados ao Ministério da Justiça, abordando temas como Educação para os Direitos e Mediação. Eles recebem uma bolsa auxílio mensal de R$ 190,00 e estão em contato permanente com a comunidade do bairro, dispostos a auxiliar gratuitamente.

“Com projetos como este conseguimos aliar as entidades de segurança pública com as lideranças sociais, buscando a qualificação das ações propostas e a melhoria da vida dos moradores”, afirma o prefeito Tarcísio Zimmermann (PT).

Os mediadores trabalham em parceria com a Defensoria Pública, Ministério Público, Tribunais de Justiça e a Secretaria de Reforma do Judiciário. Cerca de duas mil pessoas serão beneficiadas com o programa. Ele está inserido nas ações do Território de Paz, realizado pela Coordenação Executiva do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania – Pronasci.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: divulgação / Diogo Fernandes

Compartilhar

Prefeito busca auxílio do Estado para solucionar prejuízos do temporal

Avançar »

Município na rota das produções globais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*