Prefeito apresenta projeto ReLuz e novo sistema de transporte coletivo

Chefe do Executivo relata que lâmpadas serão substituídas em 22.956 pontos do município e que mudanças no transporte trarão diferenças no trânsito.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O prefeito de Novo Hamburgo Tarcísio Zimmermann (PT) apresentou o projeto ReLuz e a implantação do novo sistema de transporte coletivo urbano do município em encontro chamado de “Bate-papo com o Prefeito”.

A reunião na última terça-feira, dia 17, foi oportunidade de diálogo direto entre veículos de imprensa e o chefe do Executivo. Os secretários de Obras Públicas e Serviços Urbanos, Luiz Fernando Farias, e de Segurança e Mobilidade Urbana, Danilo de Oliveira, também estiveram presentes.

O ReLuz contemplará a substituição de lâmpadas em 22.956 pontos do município, em toda a cidade. A medida agrega ainda dispositivos e equipamentos como luminárias, reatores e suportes. O investimento é de mais de R$ 9,5 milhões, sendo R$ 2,3 milhões referentes a uma contrapartida da prefeitura.

A medida integra o programa de Eficientização Energética da atual administração municipal. Com a instalação dos novos equipamentos, a expectativa é que haja uma grande redução dos gastos com energia elétrica. O ReLuz garante a instalação de lâmpadas de vapor de sódio, consideradas mais econômicas, duráveis e garantia de amplo poder de iluminação. A potência será de 70W a 250W.

Hoje, Novo Hamburgo conta com quatro tipos de lâmpadas: fluorescentes, alcalinas, vapor de mercúrio e mista (que funcionam sem reator). “Hoje temos um sistema muito obsoleto e que será substituído por equipamentos modernos e com garantia”, afirma Zimmermann.

TRANSPORTE – Outro assunto abordado durante o encontro foi o novo sistema de transporte coletivo urbano de Novo Hamburgo. A partir de um edital que abre nova concorrência pública para exploração do serviço, um processo de mudanças será iniciado. “Teremos novas rotas e alterações no trânsito. Menos ônibus no Centro, passagem integrada, acessibilidade e um sistema mais inteligente que o atual”, destaca.

As primeiras mudanças serão sentidas no trânsito, com alterações de sentidos e tempos de sinaleiras. O edital prevê que até janeiro de 2011, caso não ocorram interposições no processo de contratação, o novo sistema fique consolidado.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: divulgação / Robson Nunes

Compartilhar

Gabinete de Gestão Integrada terá nova formação em junho

Avançar »

Declaração de Serviços agora pode ser feita pela Internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*