Força-tarefa auxilia vítimas do temporal do fim de semana

Mobilização liderada pela Prefeitura pretende reparar os danos causados pelas chuvas que atingiram o município. Cerca de 100 famílias estão abrigadas em escola municipal.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Contabilizados os prejuízos do temporal que devastou bairros da periferia de Novo Hamburgo, a hora agora é de reparar os danos.

É o que pretende a Prefeitura com uma força-tarefa formalizada nesta segunda-feira, dia 25, criada para cuidar das conseqüências da chuva forte que se abateu sobre o município na noite da última sexta-feira, 22, e na madrugada de sábado, 23.

Leia Mais

Chuva causa desmoronamento e mata três crianças no Kephas

A ação foi coordenada pelo próprio prefeito, Tarcísio Zimmermann (PT), e pelo secretário de Obras Públicas e Serviços Urbanos, Luiz Fernando Farias, com o apoio da Defesa Civil. A iniciativa envolveu praticamente todas as áreas da administração municipal. A estimativa é de que aproximadamente 1,5 mil casas tenham sido atingidas na cidade.

Assim que foram registrados os primeiros danos causados pelo temporal, profissionais se deslocaram para as ruas, durante a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado para auxiliar as vítimas. Pelo menos 10 equipes atendiam aos constantes chamados da população, priorizando os casos emergenciais. Caminhões, retroescavadeiras e outros maquinários foram utilizados.

Os casos mais graves foram registrados nos bairros Kephas, onde três crianças de uma mesma família morreram soterradas, SantoAfonso, Roselândia, Industrial e Canudos – sobretudo nas Vilas Kipling e Getúlio Vargas. Cerca de 100 famílias foram abrigadas na quadra coberta da Escola Municipal Harry Roth. Lá, recebem atenção de agentes da Secretaria do Desenvolvimento Social.

Tarcísio Zimmermann visitou áreas atingidas, principalmente no Kephas. “Estamos trabalhando desde a noite de sexta para auxiliar as famílias atingidas e para reparar os estragos causados pelo temporal”, explica o prefeito. As áreas de risco continuarão sendo monitoradas para evitar novas tragédias.

Assistência aos moradores

continua durante a semana

Com a chegada do tempo seco, a situação melhora. Contudo, os trabalhos não estão suspensos. Reparos em toda a cidade se estenderão pelos próximos dias. A Prefeitura também está prestando assistência aos moradores atingidos e de áreas de risco.

E tem ainda o monitoramento do nível do Rio dos Sinos. Na manhã de segunda-feira, estava em 6,63 metros. A partir de 6,90 metros, moradores que residem em áreas ribeirinhas precisam deixar suas casas. A Defesa Civil mede a cada 30 minutos a elevação das águas.

Informações de Imprensa PMNH

FOTO: Ronan Dannanberg / PMNH

Compartilhar

Tecnologia e Inovação: Hamburgtech será em Hamburgo Velho

Avançar »

Casa de Vacinas recebe idosos já no primeiro dia de campanha contra a gripe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*