Número de empreendedores individuais passa de 111 para 1.233 em um ano

Hamburguenses usufruem da nova categoria para se legalizar, que abrange a possibilidade de inclusão na previdência social.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O número de empreendedores individuais cresceu em mais de 11 vezes em Novo Hamburgo no ano de 2010. No início do ano, o município registrava 111 destes profissionais – hoje são 1.233.

A Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho, Tecnologia e Turismo – Sedetur realizou o cadastramento de 1.122 novos trabalhadores da categoria apenas em 2010, beneficiados pela criação da Lei Geral das Microempresas.

De acordo com um balanço realizado pela Sedetur, o total de microempreendedores formalizados e registrados na junta comercial reúne 557 profissionais que já possuem seu alvará de funcionamento. Os outros 667 ainda não encaminharam seu pedido de alvará.

No início de 2010, o município registrava 111 empreendedores individuais, ou seja, em um ano o número de formalizações cresceu em mais de 11 vezes.

Muitos desses pequenos empreendedores tiveram auxílio da criação da nova categoria de Empreendedor Individual – EI para se legalizar. É o caso do comerciante Teodomiro Padilha de Azevedo, 47, que tem uma lancheria e churrascaria no bairro Canudos, onde a família (foto) ajuda nos serviços diários.

Ele acredita que o projeto auxilia os pequenos empreendedores no lançamento dos seus próprios negócios. “É importante dizer que com a taxa do EI paga, já garanto minha aposentadoria futura”, cita ele, referindo-se a possibilidade de sua inclusão na previdência social.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTOS: divulgação / Gustavo Henemann

Compartilhar

Novo diretor técnico da Comusa assume função

Avançar »

Programa Esporte e Lazer da Cidade divulga selecionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*