Lotérica que deu bolo em apostadores tem concessão revogada pela Caixa

Esquina da Sorte não poderá ser reaberta depois de vender bolão que teve números sorteados na Mega Sena e não registrar o jogo. Advogado de defesa deve recorrer da decisão.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

Ninguém mais levará bolo da Esquina da Sorte em Novo Hamburgo.

Essa é a única certeza no caso do bolão da Mega Sena que teve os números sorteados, mas não registrados pela lotérica.

Leia Mais

Bolão premiado: Funcionária da Esquina da Sorte admite culpa, mas polícia não descarta estelionato

A Caixa Econômica Federal revogou nesta segunda-feira, dia 08, a concessão da casa lotérica que lesou cerca de 40 apostadores no final de fevereiro. Agora, o estabelecimento não poderá ser reaberto sem que haja uma segunda ordem do banco estatal que administra as loterias.

Até a noite, a assessoria da Caixa não havia confirmado a informação sobre a revogação. O advogado da Esquina da Sorte, no entanto, admitiu ter sido notificado da decisão. Marcelo Dias antecipa ainda que pretende recorrer.

Uma posição oficial por parte da Caixa Econômica Federal deve ser divulgada nesta terça-feira, 09. Desde o dia 23 de fevereiro as atividades da lotérica hamburguense estavam suspensas.

BOLÃO QUE VIROU BOLO – Os apostadores compraram cotas do bolão que valeria para o concurso 1155 da Mega Sena. O prêmio estava estipulado em mais de R$ 53 milhões. Os números sorteados foram 20, 28, 40, 41, 51 e 58, no dia 20 de fevereiro, e constavam no comprovante imprenso pela Esquina da Sorte.

Só que o jogo “premiado” não foi registrado. A última versão defendida pela lotérica foi de que uma funcionária – que admitiu o erro à Polícia Civil, inclusive – teria esquecido de registrá-lo. As cotas valeriam aproximadamente R$ 1,3 milhão a cada um dos apostadores.

Com informações da Agência Estado

FOTO: Felipe de Oliveira / novohamburgo.org

Compartilhar

7ª Carreteada relembrou os costumes dos imigrantes

Avançar »

Bier prepara 5ª edição do Festival de Doces e Salgados

Um comentário

  1. 16 de março de 2010

    eu quero conhecer ela

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*