Segundo IBGE, produção industrial brasileira cresce 1,9% em junho

Na comparação com junho de 2012, a atividade fabril avançou 3,1%. Em maio, a atividade fabril havia recuado 1,8%, segundo a pesquisa.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A produção da indústria brasileira voltou a crescer em junho, registrando alta de 1,9%, contra queda de 1,8% (dado revisado) no mês anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, dia 1°, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

De acordo com o IBGE, três das quatro categorias de uso e 22 dos 27 ramos pesquisados avançaram na comparação mensal, com as variações mais significativas partindo de farmacêutica (8,8%), máquinas e equipamentos (3,2%), outros equipamentos de transporte (8,3%) e veículos automotores (2,0%).

Outras contribuições positivas relevantes vieram de máquinas para escritório e equipamentos de informática (11,4%), indústrias extrativas (2,4%), celulose, papel e produtos de papel (2,9%), produtos de metal (3,5%) e alimentos (0,9%). Na contramão, a queda mais significativa partiu de refino de petróleo e produção de álcool, de 4,1%, foi a mais significativa, conforme aponta a pesquisa.

Na análise das categorias de uso, bens de capital avançou 6,3%; bens de consumo duráveis cresceu 3,6% e de bens de consumo semi e não duráveis, 2,9%. O setor produtor de bens intermediários não registrou variação.

Informações de Portal G1

FOTO: reprodução / AFP

 

Compartilhar

Segundo IBGE, desemprego sobe para 6% em junho

Avançar »

Estimativa de inflação para 2013 é mantida em 5,75%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*