Vendas de varejo caem em agosto e o resultado é o pior desde março de 2010

A queda de vendas foi de 0,4% de julho para agosto, informa o IBGE. Segmento acumula alta de7,2% no ano e 8,2% em 12 meses.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, informou nesta terça-feira, dia 11, que as vendas do comércio varejista caíram 0,4% de julho para agosto, na série com ajuste sazonal. Porém, em comparação com agosto de 2010, as vendas tiveram alta de 6,2% em 2011.

De janeiro a agosto, as vendas do varejo acumulam altas de 7,2%. Já nos últimos 12 meses, até agosto, a alta é de 8,2%. O resultado de agosto deste ano é o pior desde março do ano passado, em que a variação foi de 0,8%. O índice de média móvel trimestral das vendas de varejo subiu 0,4% no trimestre que foi até agosto.

Segundo a pesquisa do IBGE ainda, a receita nominal do comércio de varejo subiu 0,3% em agosto, comparando com julho, na série com ajuste sazonal. A alta foi de 12,3% em comparação a agosto deste ano com agosto do ano passado. Até agora, o ano acumula expansão de 12,3% e, os 12 últimos meses, acumulam 13,1% na receita nominal do comércio. Ficou em 0,8% a média móvel trimestral.

O IBGE também revisou a taxa de variação das vendas de varejo ampliadas, que incluem motos, veículos e materiais de construção. De junho para julho o volume de vendas foi recalculado de altas de 0,6% para queda de 0,1%. A revisão nas vendas de maio para junho teve variação de 0,3% para 0,2%. Na taxa revisada, de abril para maio, houve a correção de 0,6% para 0,5%. Também com queda de 0,1% na revisão, a taxa de março para abril passou de 1,2% para 1,1%.

Informações de Clic RBS

FOTO: Ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Prêmio Nobel de Economia premia pesquisadores da causa e efeito na macroeconomia

Avançar »

Dia das Crianças aumenta vendas em 5,8%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*