Produção industrial aumentou em 4,3% no Amazonas no mês de julho

Na passagem do mês de junho para julho, sete dos 14 locais pesquisados pelo IBGE tiveram um crescimento acima da média nacional pelo período

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Apesar da queda de 3,6% na produção do Amazonas no mês anterior, a pesquisa agora mostra o Estado liderando o maior crescimento da produção industrial brasileira. Atrás do Amazonas no ranking estão o Paraná (com 3,8%), Pará (3,7%), Rio Grande do Sul (2,7%) e Rio de Janeiro (2,4%).

A média nacional de crescimento no período de um mês equivale a 0,5% e um pouco acima de média ficou Goiás (com 1,4%) e São Paulo (1,3%).  Já o Estado de Minas Gerais ficou abaixo da média, com crescimento de apenas 0,1% na atividade fabril.

Os estados que sofreram redução na sua produção de indústria foram a Bahia (com -6,8%), Ceará (-2,0%), Espírito Santo (-2,0%), região Nordeste (-1,8%), Santa Catarina (-0,7%) e Pernambuco (-0,7%).

Na mesma pesquisa feita no ano de 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, o Estado que mais reduziu sua produção foi o Ceará com -19,02%. Esta redução foi pressionada pela maior parte dos setores investigados.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa

Compartilhar

Agosto sem desgosto: Exportações e importações batem recordes históricos

Avançar »

Previsão da inflação oficial de 2011 aumenta pela terceira semana seguida

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*