Ritmo de alta da procura do consumidor por crédito diminui no primeiro semestre

Economistas avaliam enfraquecimento da procura como resultado da elevação de juros e das medidas macroprudenciais.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A procura de consumidores por crédito de janeiro a junho deste ano aumentou 13,7% sobre igual período de 2011, conforme a pesquisa Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito.

Apesar de se manter em alta, o ritmo é inferior ao aumento de 16,6% registrado na comparação entre o primeiro semestre de 2010 e o mesmo período de 2009. Em junho, a demanda caiu 3% ante o mês de maio e aumentou 21% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Na análise dos economistas da empresa de consultoria Serasa, o enfraquecimento da procura foi provocado pela “elevação dos juros e pela adoção das medidas macroprudenciais”.

Os consumidores de baixa renda com ganhos mensais até R$ 500 são os que mais têm recorrido ao crédito com uma expansão na procura de 34,8%, seguidos pelos que recebem até R$ 5.000 (alta de 19,2%). Já entre aqueles que têm renda mensal entre R$ 1.000 e R$ 2.000, o aumento ficou em 7,2%.

A maior procura ocorreu no Nordeste (17,1%). Depois, vêm o Norte (14,2%), o Sudeste (13,3%), o Centro-Oeste (13%). A menor variação foi registrada na região Sul (11,9%).

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / Roberto Setton

Compartilhar

Índice de Preços ao Consumidor sobe 6,71% em 12 meses

Avançar »

Inadimplência atinge maior alta dos últimos nove anos, conforme Serasa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*