Taxa de produção da indústria brasileira sobe 1,3% em maio

Alta observada na passagem de abril para maio atingiu 19 dos 27 ramos da pesquisa divulgada pelo IBGE, especialmente produtos de metal.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A produção da indústria brasileira aumentou 1,3% em maio, na comparação com o mês anterior, quando a taxa havia ficado em -1,2%. Em relação ao mesmo período de 2010, houve expansão de 2,7%, revertendo dois meses seguidos de taxas negativas na mesma base de comparação.

De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira, dia 1º, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, no ano o índice acumula alta de 1,8% e nos últimos 12 meses, de 4,5%.

A alta observada na passagem de um mês para outro atingiu 19 dos 27 ramos da pesquisa, com destaque para alimentos (3,9%), produtos de metal (12,8%) e veículos automotores (3,5%). Já as principais pressões negativas foram exercidas pela indústria farmacêutica (-12,1%), metalurgia básica (-1,9%) e pelas bebidas (-2,2%)

Em relação a maio do ano passado, também houve expansão em 19 das 27 atividades, principalmente veículos automotores (6%) e refino de petróleo e produção de álcool (8%).

O IBGE informou que revisou o dado relativo a abril na comparação com março. Em vez da queda de 2,1% divulgada anteriormente, houve retração de 1,2%. A modificação, segundo o instituto, ocorreu em função da entrada de novas informações relativas ao mês de maio.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa

Compartilhar

Índice de Confiança da Indústria atinge menor valor desde outubro de 2009

Avançar »

Inadimplência sobe 6,9%, a quinta elevação mensal seguida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*